Inteligência Artificial chega para mudar o cenário da contabilidade

Otimizar tempo perdido com funções burocráticas é o maior desafio no papel do profissional de contabilidade do futuro

Inteligência Artificial

À medida que a Inteligência Artificial avança, muitas das funções que hoje são ocupadas por humanos serão realizadas por máquinas. Tarefas e procedimentos bem definidos já começaram a ser substituídos por algoritmos sofisticados. São muitos os profissionais que ainda perdem muito tempo analisando números e dados e, consequentemente, não conseguem exercer sua verdadeira função. Pensando nisso, a Nucont criou a primeira assistente virtual com Inteligência Artificial especializada em identificar problemas,  por meio de dados, ajudando contadores a diagnosticarem e traçarem soluções para as empresas.

Startup

A startup acredita que a contabilidade vai muito além de documentos fiscais e que o contador é mais que um despachante. Ele é o “médico” das empresas, quem cuida da “saúde” e a ajuda a prosperar. Pensando em como a tecnologia poderia ser útil e ajudar a resolver seu maior problema interno, o tempo, que a N.A.N.D.A (New Assistent for Nucont Data Analisys) nasceu.

A dificuldade de ser um verdadeiro contador consultor é enfrentada diariamente por grande parte dos 354 mil profissionais que atuam no Brasil (CFC/2020). A desburocratização de processos operacionais cotidianos leva tempo demais, impossibilitando a atuação deste papel, que pode ser crucial para seus clientes. 

Pensada para ser a assistente virtual dos contadores e facilitar a vida desses profissionais , a NANDA faz, em tempo real, todo processo operacional de dados em questão de segundos, alertando se a empresa está indo bem ou mal, quais os pontos de melhorias e se há capital suficiente para arcar com suas operações. Possibilitando assim, o cuidado da parte estratégica enquanto a operacional já está sendo feita.

O software analisa um grande volume de dados (Big Data) e utiliza deep learning e machine learning, como se imitasse o cérebro humano através de algoritmos de redes neurais artificiais, aprendendo com essas informações, entendendo o significado e indicando como interpretá-las. “A tecnologia pode parecer perfeita por si só. Com ela, as informações são analisadas e diagnosticadas, mas ainda é preciso de um bom profissional para interpretá-las”, explica Luis Filipe Winther, CEO da Nucont.

Luis Filipe Winther, CEO da Nucont-Foto: Divulgação
Luis Filipe Winther, Fernanda Rocha, Guima Ferreira – Sócios da Nucont-Foto: Divulgação

Contabilidade

A inovação no mercado de contabilidade chegou para ajudar na aplicação da contabilidade consultiva de uma forma mais fácil, leve e para trazer um resultado imediato tanto para o empresário quanto para o contador. “Mas ainda é a mente humana que vai pensar e dizer se determinada empresa precisa ou não mudar o rumo, já que é o profissional de contabilidade quem traz consigo todo o contexto do seu cliente”, finaliza Luis.

Nucont

A startup, fundada em 2017, reposiciona o papel do contador no mercado por meio da contabilidade consultiva. Fornecendo consultoria para o profissional e acesso a plataforma Nucont, onde os dados financeiros e contábeis dos seus clientes são transformados, de forma didática e visual, em dashboards com gráficos e indicadores, mostrando toda a saúde financeira e contábil da empresa. A startup desenvolveu, também, a primeira inteligência artificial – “NANDA” – especializada em diagnosticar as causas e traçar soluções para a saúde das empresas, servindo de assistente virtual aos profissionais de contabilidade. Além do software, possuem a Universidade Nucont que promove treinamentos aos contadores. 

Imagem de Gerd Altmann por Pixabay 

Instagram