Setores do mercado crescem mesmo durante a pandemia

A crise econômica gerada pela pandemia causada pelo COVID19 levou diversos negócios a fechar suas portas em todo o país. Alguns setores não conseguiram se adaptar ao distanciamento social, e outros, que não tinham como, não receberam a ajuda necessária por parte do governo para seguirem abertos.

Porém, para toda adversidade existe uma oportunidade. Alguns negócios tiveram que se reinventar para continuarem vivos e outros simplesmente surfaram na onda das novas tecnologias. Estes setores conseguiram não apenas manter suas portas abertas, mas também crescer em uma das piores crises da história mundial.

Comércio eletrônico e tele-entrega

Talvez o setor que mais tenha crescido seja o e-commerce, que aumentou 75% desde o início da pandemia. Com o fechamento obrigatório das lojas físicas, as transações financeiras foram realizadas através dos sites ou de intermediários bancários passaram a ser frequentes na vida dos brasileiros.

Filipe Crull, diretor comercial da empresa de tele-entrega ifoods, disse em entrevista que entre março e dezembro de 2020, 100 mil novos restaurantes entraram no aplicativo. Os pedidos para pequenos e médios restaurantes cresceram mais de 90% em comparação com estabelecimentos consolidados.

Saúde, higiene e beleza

A pandemia nos mostrou como são importantes os cuidados na higiene e na limpeza do lar. Por isso, os cuidados na entrega de produtos e artigos de higiene e saúde estiveram mais presentes do que de costume.

Além disso, as pessoas descobriram com a ajuda de tutoriais e dicas online, como cuidar da beleza estando em casa. A venda de cosméticos naturais cresceu entre 8 e 25% no mundo todo em 2020. Levar uma vida saudável, mesmo com distanciamento social também é uma das preocupações. A compra de aparelhos e equipamentos de ginástica teve um aumento considerável. Segundo a ferramenta de análise de dados SEMrush, as pesquisas por cordas de pular e halteres aumentaram 70% e a busca por yoga online subiu 66%

Jogos e apostas online

O entretenimento também representa uma fatia importante de crescimento de mercado. Durante a pandemia, novas formas de diversão online foram descobertas pelos brasileiros.

O setor de jogos e apostas online despontou como um dos mercados mais aquecidos. Com a possibilidade de apostar nos mais diversos esportes, muitos brasileiros começaram neste mundo no ano de 2020. Outro setor muito presente no entretenimento online é o dos jogos de sorte. Com jogos de cartas, roleta e dados é possível trazer o cassino para a palma da mão.

Plataformas de streaming

Outro mercado que estava em ascensão e se consolidou agora foi o das plataformas de streaming. Com o fechamento dos cinemas e teatros, aquele dia da semana dedicado à cultura terminou ficando no sofá da sala. E através das plataformas digitais, vários filmes, séries e documentários viraram a febre da população.

A vantagem da flexibilização do horário também foi um fator importante. Podendo ser assistidas a qualquer hora, as plataformas também influenciaram canais tradicionais a mudarem, fazendo deste um dos entretenimentos mais presentes durante a pandemia e aumentando muito este mercado.

Ainda é cedo para fazer qualquer previsão para 2022, mas estes setores popularizados pelo distanciamento social tendem a se consolidar e entrar o ano que vem com mais força ainda.

Instagram