Ministro entrega certificados a alunos participantes da OBA

Nesta quarta-feira (30), o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações realizou, em parceria com a Prefeitura de São José dos Campos, uma cerimônia de premiação dos alunos que participaram da 23ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica e da 14ª Mostra Brasileira de Foguetes

Cerca de 300 estudantes, de escolas públicas e particulares da cidade, participaram da entrega oficial de medalhas e certificados no Parque Tecnológico.

O evento contou com a presença de autoridades, como o ministro Marcos Pontes, que também é engenheiro e astronauta, familiares de alunos e professores.

Ministro Marcos Pontes

Participação de destaque

A rede municipal de ensino esteve representada com 50 alunos medalhistas de ouro, de 16 escolas.  As escolas municipais tiveram presença de destaque na OBA nos últimos anos.

Na edição 2020 da OBA, que aconteceu virtualmente, estudantes da rede conquistaram 129 medalhas, sendo 43 de ouro, 30 de prata e 56 de bronze. Neste ano, escolas organizaram oficinas de foguetes com materiais recicláveis e fizeram lançamento com alunos. 

“Já me interessava por Ciência, mas na escola fiquei mais animada para aprender coisas novas, continuar estudando e participar da Olimpíada”, comentou a aluna Lara Fernanda Alves de Souza, 11 anos, da Emef Dosulina Chanque Chaves, no Altos de Santana.

23ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica

Luciana Ferreira é mãe do aluno Gabriel Ferreira, da Emef Jacyra Baracho, no Jardim Veneza, e estava emocionada ao acompanhar seu segundo filho sendo homenageado por destaque na OBA.

“Meus dois filhos participaram e foram homenageados, o mais velho hoje é engenheiro. Sempre incentivei em casa com livros, desenhos, feiras e tudo sobre o universo da Ciência, isto é importante. Estou emocionada”, afirmou.

Marcia Gonçalves, mãe do aluno João Pedro, da Emef Dosulina, vê os eventos científicos como “grandes incentivos para as crianças se interessarem mais em aprender”.

“Eu gostei muito de participar, foi muito legal porque Ciências é importante”, disse João mostrando orgulhoso sua medalha de ouro.

Incentivo

Os eventos OBA e MOBFOG são abertos à participação de escolas públicas ou privadas, urbanas ou rurais, para alunos do primeiro ano do ensino fundamental até o último ano do ensino médio.

A competição tem como principal objetivo incentivar os alunos a estudar disciplinas como Física, Matemática e Geografia, além de despertar o interesse dos jovens pela Ciência e Tecnologia ao abrir portas para o universo da Astronomia prática e teórica. 

Fotos: Claudio Vieira/PMSJC

Instagram