EMS TAUBATÉ FUNVIC VENCE O VÔLEI RENATA E AVANÇA À FINAL DA SUPERLIGA MASCULINA

Em noite inspirada, Taubaté repete boa atuação, vence por 3 sets a 0, fecha a série em 2 a 0 e estará em sua terceira final de Superliga da história. Adversário na briga pelo título será o Minas Tênis Clube

O EMS Taubaté Funvic está na final da Superliga Banco do Brasil Masculina de Vôlei 2020/21. Jogando na noite deste sábado (10/04) em Saquarema (RJ), a equipe venceu o Vôlei Renata (SP) por 3 sets a 0 (parciais de 31×29, 25×13 e 25×19), fechando a série semifinal em 2 jogos a 0.

Desta forma, a equipe está classificada para as finais e terá como adversário na luta pelo título o Minas Tênis Clube (MG), que passou pelo Vôlei UM Itapetininga (SP) também em 2 jogos a 0.

Confederação Brasileira de Voleibol

A tabela das finais será confirmada neste domingo (11), pela Confederação Brasileira de Voleibol. A decisão do nacional será disputada também série melhor de três jogos, dentro da “bolha” montada no CDV, em Saquarema (RJ) na próxima semana.

Esta será a terceira vez na história que o EMS Taubaté Funvic disputará uma final de Superliga Masculina. O time taubateano é o último campeão da Superliga, tendo levantado o título da temporada 2028/2019. A temporada 2019/2020 não terminou devido à pandemia de Covid, e não teve um campeão.

O jogo: O técnico Javier Weber colocou em quadra a equipe inicial com Bruno Rezende (levantador), Maurício Souza (central), Maurício Borges (ponteiro), Douglas Souza (ponteiro), Lucão (central), Felipe Roque (oposto) e Thales (líbero). Entraram ao longo da partida o ponteiro João Rafael e o ponteiro João Franck.

O primeiro set começou bem equilibrado, com o EMS Taubaté Funvic sacando muito bem e aproveitando as bolas de contra-ataques. O Vôlei Renata buscou reagir e equilibrar as ações com boa efetividade na defesa. O Taubaté chegou a abrir dois pontos de vantagem antes da metade do set, mas o Vôlei Renata buscou a diferença e a partida seguiu com o placar equilibrado. O Taubaté cometeu erros na reta final do set e o Vôlei Renata aproveitou para abrir dois pontos de frente e chegou a ter dois set points. O Taubaté buscou uma reação incrível com a entrada do ponteiro João Rafael, que encaixou uma sequência de três ótimos saques, incluindo um ace. O Taubaté voltou ao jogo e a partir daí foi emoção ponto a ponto até o final. As equipes trocaram pontos até que o Taubaté, com mais efetividade ofensiva, fechou em 31 a 29, em 35 minutos.

O segundo set começou com o EMS Taubaté Funvic muito bem em quadra, no ritmo que terminou o set anterior. Sacando forçado com boa efetividade e com muita agressividade nas viradas de bola, a equipe taubateana impôs muita pressão na defesa do Vôlei Renata, e abriu boa vantagem. Com boa passagem de Douglas Souza no saque, o Taubaté chegou a abrir 8 pontos de frente. Além do saque, o bloqueio taubateano também foi decisivo e a equipe seguiu com clara superioridade em quadra. Errando pouco e aproveitando bem os contra-ataques, o EMS Taubaté Funvic fechou em 25 a 13, em 23 minutos.

O terceiro set voltou a ser mais equilibrado. O EMS Taubaté Funvic seguiu sacando forçado e complicando a recepção do Vôlei Renata. O time de Campinas melhorou em seu sistema defensivo e conseguiu virar bolas importantes de contra-ataque, mantendo o jogo parelho. O saque taubateano continuou sendo uma arma fundamental e a equipe manteve uma regularidade muito boa no sistema defesa/bloqueio. Na reta final do set, a equipe taubateana voltou a forçar bem o saque e encaminhou a vitória por 25 a 19, fechando o jogo em 3 sets a 0. A partida teve duração total de 1h45.

O melhor jogador em quadra, premiado com o Troféu Viva Vôlei, foi o ponteiro Douglas Souza, do EMS Taubaté Funvic. Após a partida, ele comentou a importante vitória que colocou o Taubaté em mais uma final de Superliga:

“Nosso primeiro set foi abaixo do que nós podemos apresentar. No 20 a 20 que conseguimos retomar nosso melhor ritmo. O João Rafael ajudou muito na sequência de saques dele, e foi ali que nós mudamos nossa postura. Todo mundo entrou no jogo de novo e o coletivo funcionou muito bem. Tenho certeza que nosso time chega para essa final muito fortalecido depois desse bom jogo que fizemos hoje. Teremos uma final gigante, entre dois clubes que fizeram por merecer estar na decisão. A cidade de Taubaté merece esse título, e vamos muita fome de vitória para buscar esse bicampeonato”, comentou o ponteiro.

Os maiores pontuadores da partida foram o ponteiro Douglas Souza e o oposto Felipe Roque, ambos do EMS Taubaté Funvic, com 18 pontos anotados para cada.

Esta é a terceira vez na história que o EMS Taubaté Funvic disputará uma final de Superliga. A primeira final foi disputada na temporada 2016/2017, quando a equipe taubateana acabou derrotada na final pelo Sada Cruzeiro em partida única por 3 sets a 1. A equipe voltou a disputar a final na temporada 2018/2019, quando encarou o SESI-SP em uma série melhor de cinco jogos. O Taubaté venceu a série por 3 jogos a 2 e conquistou seu primeiro e inédito título nacional.

PRÓXIMO JOGO: O EMS Taubaté Funvic enfrentará o Minas Tênis Clube (MG) na série melhor de três jogos das finais. Originalmente, a tabela previa os jogos finais acontecendo em 14, 16 e 18 de abril (terceiro jogo, somente se necessário). Há possibilidade dessas datas serem antecipadas, já que as duas semifinais foram decididas sem a necessidade de um terceiro jogo. A agenda das finais será confirmada neste domingo (11/04) pela Confederação Brasileira de Voleibol.

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL MASCULINA 2020/2021

Semifinais / Jogo 2
Vôlei Renata (SP) 0x3 EMS Taubaté Funvic
Data: 10/04/2021 (sábado)
Horário: 21h30
Local: CDV (Saquarema –RJ)
Transmissão: SporTV 2

SEMIFINAIS DA SUPERLIGA BANCO DO BRASIL MASCULINA 2020/21

Primeira rodada – 07/04 (QUARTA-FEIRA)
Vôlei UM Itapetininga (SP) 0x3 Minas Tênis Clube (MG)
EMS Taubaté Funvic (SP) 3×1 Vôlei Renata (SP)

Segunda rodada – 10/04 (SÁBADO)
Minas Tênis Clube (MG) 3×0 Vôlei UM Itapetininga (SP)
Vôlei Renata (SP) x EMS Taubaté Funvic (SP)


*Datas, horários e locais dos jogos podem sofrer alteração de acordo com as necessidades dos clubes, da CBV ou da emissora que transmite a Superliga.

EMS Taubaté Funvic

Elenco 2020/2021:
Ponteiros: Douglas Souza, Maurício Borges, João Rafael e João Franck.
Centrais: Lucão, Maurício Souza, Riad e Bruno Biella.
Levantadores: Rapha, Bruno Rezende e Fabiano.
Opostos: Felipe Roque e Gabriel Cândido.
Líberos: Thales e Vitor Yudi.

Comissão Técnica:
Técnico: Javier Weber
Assistente Técnico: Maurício Thomas
Supervisor/Assistente Técnico: Giuliano Ribas
Preparador Físico: Renato Sérgio Bacchi
Assistente de Preparação Física: Caetano José dos Santos
Fisioterapeuta: Miguel Ambrósio
Fisioterapeuta 2: Maicon Douglas
Analista de Desempenho: Alexandre Leal
Massoterapeuta: Kleeva Albuquerque
Auxiliar de quadra: José Carlos Vieira (Branco)
Nutricionista: Daniela Squarcini
Administrativo: Rafael Oliveira
Fisiologista: Tiago Fukugauti
Gerente de Marketing: Thiago Hoffmann
Diretor Executivo: Claudio Brazão

Naming Rights: EMS

Apoiadores institucionais: Funvic e Prefeitura de Taubaté

Master: EcoTaubaté, Havan e Versen

Patrocinadores: Nagumo, Grupo Milclean, Ribercred, Assaí, SHA, Hydrostec, e Grupo Tubarão, Sesé, Coelho Engenharia, Quintas de Santa Cruz e Grupo GTO.

Apoiadores: Point Vision, Hospital 10 de Julho, Gran Continental Hotel, Sorridents, Isportistics, AD Midea, Hajax, Plani e Phytomed.

Fornecedor de Material: RT Sports

Foto: Alexandre Loureiro/Inovafoto/CBV
Instagram