EMS TAUBATÉ FUNVIC VENCE O MINAS E LARGA NA FRENTE NAS FINAIS DA SUPERLIGA MASCULINA

Em jogo muito disputado, taubateanos buscam vitória no Tie-Break, fecham em 3 sets a 2 e dão importante passo rumo ao bicampeonato. Equipes voltam a se enfrentar na sexta-feira (16)

Jogando na noite desta quarta-feira (14/04), o EMS Taubaté Funvic deu mais um gigantesco passo em busca do sonhado Bicampeonato da Superliga Banco do Brasil Masculina de Vôlei. No CDV, em Saquarema (RJ), a equipe taubateana buscou uma vitória suada por 3 sets a 2 (parciais de 25×18 / 22×25 / 23×25 / 25×16 / 15×11) sobre o Minas Tênis Clube (MG) na primeira partida da série melhor de três das finais da competição.

O resultado coloca a equipe taubateana em vantagem na série, necessitando de apenas mais uma vitória para chegar ao título. Para o Minas Tênis Clube, resta buscar uma vitória no segundo jogo para forçar a terceira partida. Os times voltam a se enfrentar nesta sexta-feira (16/04), novamente na “bolha” em Saquarema (RJ).

O jogo: O técnico Javier Weber colocou em quadra a equipe inicial com Bruno Rezende (levantador), Maurício Souza (central), Maurício Borges (ponteiro), Douglas Souza (ponteiro), Lucão (central), Felipe Roque (oposto) e Thales (líbero). Entrou ao longo da partida o ponteiro João Rafael.

O primeiro set começou com o EMS Taubaté Funvic sacando muito bem, forçando erros do Minas e bloqueando com efetividade. Os taubateanos abriram 4 a 0 nos primeiros minutos, fazendo a equipe adversária já pedir tempo. O Taubaté chegou a abrir 5 pontos de frente, mas o Minas entrou no jogo e equilibrou as ações, crescendo na defesa. O Taubaté se manteve com pequena vantagem no placar aproveitando bem a virada de bola, especialmente com os ponteiros. Com ótimo volume de jogo defensivo e com o bloqueio trabalhando bem até o final do período, o Taubaté encaminhou a vitória por 25 a 18, em 30 minutos.

O segundo set começou mais equilibrado, com as duas equipes buscando forçar o saque. O Taubaté manteve o bom volume no sistema defesa/bloqueio, enquanto o Minas passou a errar menos e foi mais efetivo nas viradas de bola. O time mineiro foi melhor ao longo da primeira metade do set, e se manteve à frente do placar. O Taubaté voltou a encaixar o saque e buscou a virada em 18 a 17. A partir daí o jogo seguiu muito equilibrado. O Taubaté cometeu mais erros e apesar de ter salvo um set point adversário, o Minas fechou em 25 a 22, em 31 minutos.

O terceiro set foi novamente bem equilibrado do começo ao fim. O EMS Taubaté Funvic não conseguiu repetir a mesma efetividade no saque, mas melhorou sua linha de passe e trabalhou bem nas viradas de bola. O Minas cresceu no ataque e teve bom volume de jogo defensivo, aproveitando os contra-ataques. As duas equipes se alternaram na liderança do placar, sempre por pequena vantagem. O Minas foi melhor no bloqueio e na defesa, e encaminhou a vitória por 25 a 23, em 34 minutos, virando o jogo.

O quarto set foi novamente equilibrado, mas com o EMS Taubaté Funvic ligeiramente melhor. Voltando a bloquear com maior efetividade e sacando bem, a equipe taubateana conseguiu manter a liderança no placar desde o começo. O Minas errou mais no set e não conseguiu reagir. O Taubaté manteve o saque forçado e complicou a recepção do Minas. Com mais efetividade defensiva e aproveitando os contra-ataques, o EMS Taubaté Funvic fechou em 25 a 16, em 24 minutos, empatando a partida.

O Tie-Break começou nervoso com os times buscando o saque forçado. O jogo seguiu ponto a ponto, sem que nenhuma das equipes conseguisse abrir vantagem. O Taubaté foi mais efetivo no saque, errando menos no serviço. O Minas cometeu muitos erros e não conseguiu repetir a efetividade na virada de bola. Em um final de jogo tenso, o Taubaté foi melhor na virada de bola, e fechou em 15 a 11, vencendo por 3 sets a 2. A partida teve duração total de 2h32.

O melhor atleta em quadra nesta primeira decisão, premiado com o Troféu Viva Vôlei, foi o ponteiro Douglas Souza, do EMS Taubaté Funvic. Ele chamou o oposto Felipe Roque e gentilmente dividiu a premiação com o camisa 18.

“O Roque hoje se sobressaiu, jogou muito bem, está numa constância importante. Fico feliz em oferecer para ele, pois ele foi uma peça muito importante na nossa vitória”, comentou Douglas após o jogo.

Felipe Roque também foi o maior pontuador do jogo com 23 bolas anotadas.

 EMS Taubaté Funvic & Minas Tênis Clube

Próximo jogo: EMS Taubaté Funvic e Minas Tênis Clube voltam a jogar pela segunda partida da série final na próxima sexta-feira (16/04), às 19h00 no CDV, em Saquarema. Uma vitória do Taubaté já garante o Bicampeonato nacional ao time do Vale do Paraíba. Em caso de vitória do Minas, uma terceira e decisiva partida será disputada no domingo (18/04), também ás 19h00. Todas as partidas das finais estão sendo transmitidas ao vivo pelo canal por assinatura SporTV 2.

SUPERLIGA BANCO DO BRASIL MASCULINA 2020/2021


Finais / Jogo 1
EMS Taubaté Funvic 3×2 Minas Tênis Clube (MG)
Data: 14/04/2021 (quarta-feira)
Horário: 19h00
Local: CDV (Saquarema –RJ)
Transmissão: SporTV 2

SEMIFINAIS

Primeira rodada – 07/04 (QUARTA-FEIRA)
Vôlei UM Itapetininga (SP) 0x3 Minas Tênis Clube (MG)
EMS Taubaté Funvic (SP) 3×1 Vôlei Renata (SP)


Segunda rodada – 10/04 (SÁBADO)
Minas Tênis Clube (MG) 3×0 Vôlei UM Itapetininga (SP)
Vôlei Renata (SP) x EMS Taubaté Funvic (SP)


FINAIS

Primeira rodada – 14/04 (QUARTA-FEIRA)
EMS Taubaté Funvic (SP) 3×2 Minas Tênis Clube (MG)

Segunda rodada – 16/04 (SEXTA-FEIRA)
Minas Tênis Clube (MG) x EMS Taubaté Funvic (SP)
19h00 – CDV, em Saquarema (RJ)
TV: SporTV 2

Terceira rodada (se necessário) – 18/04 (DOMINGO)
EMS Taubaté Funvic (SP) x Minas Tênis Clube (MG)
19h00 – CDV, em Saquarema (RJ)
TV: SporTV 2

*Datas, horários e locais dos jogos podem sofrer alteração de acordo com as necessidades dos clubes, da CBV ou da emissora que transmite a Superliga.

EMS Taubaté Funvic 

Elenco 2020/2021:
Ponteiros: Douglas Souza, Maurício Borges, João Rafael e João Franck.
Centrais: Lucão, Maurício Souza, Riad e Bruno Biella.
Levantadores: Rapha, Bruno Rezende e Fabiano.
Opostos: Felipe Roque e Gabriel Cândido.
Líberos: Thales e Vitor Yudi.

Comissão Técnica:
Técnico: Javier Weber
Assistente Técnico: Maurício Thomas
Supervisor/Assistente Técnico: Giuliano Ribas
Preparador Físico: Renato Sérgio Bacchi
Assistente de Preparação Física: Caetano José dos Santos
Fisioterapeuta: Miguel Ambrósio
Fisioterapeuta 2: Maicon Douglas
Analista de Desempenho: Alexandre Leal
Massoterapeuta: Kleeva Albuquerque
Auxiliar de quadra: José Carlos Vieira (Branco)
Nutricionista: Daniela Squarcini
Administrativo: Rafael Oliveira
Fisiologista: Tiago Fukugauti
Gerente de Marketing: Thiago Hoffmann
Diretor Executivo: Claudio Brazão

Naming Rights: EMS

Apoiadores institucionais: Funvic e Prefeitura de Taubaté

Master: EcoTaubaté, Havan e Versen

Patrocinadores: Nagumo, Grupo Milclean, Ribercred, Assaí, SHA, Hydrostec, e Grupo Tubarão, Sesé, Coelho Engenharia, Quintas de Santa Cruz e Grupo GTO.

Apoiadores: Point Vision, Hospital 10 de Julho, Gran Continental Hotel, Sorridents, Isportistics, AD Midea, Hajax, Plani e Phytomed.

Fornecedor de Material: RT Sports

Foto:William Lucas/Inovafoto/CBV

Instagram