5 dicas para sua empresa economizar no papel-toalha

Investir em um bom dispenser ou em um secador de mãos pode significar economia no médio e longo prazo; entenda

Quem tem empresa sabe que os gastos com manutenção de itens básicos para uso dos funcionários e clientes acaba sendo considerável, especialmente se pensarmos a longo prazo. Já parou para refletir sobre quanto gastou só em papel-toalha desde o dia em que abriu as portas até hoje?

Pensar nos insumos para a higiene empresarial é importante e o motivo não é apenas financeiro. Ao economizar em itens descartáveis você também ajuda a minimizar os impactos do seu negócio para o meio ambiente. Reduzir ao máximo o seu lixo é bom não só para o seu bolso como também para o planeta.

Isso quer dizer que, se possível, você deve eliminar itens como o copo descartável, que pode levar séculos para se decompor na natureza. Mas o problema não é só o plástico: mesmo itens feitos de papel, como o papel-toalha, devem ser economizados.

O item é muito importante para a higiene de quem trabalha ou frequenta a sua empresa, após lavar as mãos no banheiro ou para limpar superfícies, por exemplo. No entanto, é um dos mais desperdiçados em quase todos os lugares, o que é péssimo para o gestor da empresa e também aumenta o lixo que o negócio gera.

Pode parecer desimportante, afinal, o papel não é biodegradável e reciclável? Para começar, depende: alguns são, outros nem tanto. E ainda é preciso considerar as embalagens, que costumam ser de plástico. A verdade é que toda economia é bem-vinda e faz diferença no médio e longo prazo.

Além disso, economizar papel-toalha pode ser apenas o começo de uma mudança de mentalidade para tornar a sua empresa mais sustentável, o que é bom para o seu bolso, mas também para a sua imagem. Para te ajudar, fizemos uma lista com dicas para diminuir o consumo desse material.

Compre uma marca de qualidade

Sabe aquele ditado que diz que o barato pode sair caro? Pois ele costuma ser verdadeiro. Marcas de qualidade costumam custar mais caro, mas geralmente isso significa que você vai gastar uma quantidade menor, o que justifica o preço extra.

No caso do papel-toalha, se ele for feito de um bom material, uma só folha pode ser suficiente para secar as mãos, por exemplo. Já os mais baratos costumam ter pouca absorção e as pessoas vão precisar de várias unidades para uma boa secagem, ou seja, você vai gastar mais.

Escolha o tipo certo

Entre os papéis-toalha indicados para as empresas existem dois tipos principais: o interfolha e o bobina. Escolher o tipo certo para o porte da sua empresa também faz diferença.

O tipo interfolha costuma ter uma boa relação custo-benefício e é indicado para empresas de porte pequeno ou médio, ou seja, que não têm um fluxo de pessoas tão alto, como clínicas e pequenos escritórios.

Já o tipo bobina (ou rolo) é recomendado para lugares onde circulam mais pessoas e onde o papel toalha é muito consumido. Há opções com rolo grande, o que diminui a necessidade de troca. No entanto, esse é o tipo que as pessoas mais desperdiçam.

Instale um bom dispenser

O dispenser foi inventado justamente para evitar o desperdício, pois faz com que a pessoa só consiga tirar uma folha por vez. A dica é escolher um aparelho de boa qualidade e que armazene corretamente o tipo de papel-toalha que você for usar.

Coloque um aviso

Infelizmente, algumas pessoas ainda não têm consciência de que precisam fazer sua parte para evitar o desperdício. Colocar um aviso dizendo a quantidade suficiente para secar as mãos, seguido de um “evite o desperdício”, ajuda a lembrá-las. Nem que seja pelo constrangimento, costuma funcionar.

Invista em um secador de mãos

O secador de mãos é mais higiênico que o papel-tolha e ainda tem duas enormes vantagens: não gera lixo e pode ter o tempo programado. O investimento se paga em pouco tempo, especialmente nas empresas que consomem muito papel.

Instagram