Vida em condomínio: como manter a harmonia entre os moradores?

Respeitar normas e boa comunicação são dois pilares essenciais para o bom convívio no condomínio

Algumas pessoas pensam que ter um apartamento ou uma casa confortável dentro de um condomínio já é sinônimo de qualidade de vida. Mas é necessário ir além. Ter um bom relacionamento com a vizinhança é fundamental para que todos os moradores possam viver em harmonia, de forma tranquila dentro de um condomínio.

O primeiro passo para isso acontecer é respeitar todas as normas previstas em contrato. Vale para todos os moradores e pode incluir desde horário de silêncio até regras relacionadas aos animais de estimação. Lembrando que, para aqueles condomínios que não estabelecem horário, é importante prevalecer o bom senso.

Tratar sobre as vagas de garagem é uma questão recorrente. O ideal é não estacionar o veículo sem autorização nas vagas de outros moradores e não ultrapassar o espaço estabelecido.

Participar das convenções de condomínio para discutir, justamente, sobre algumas normas de convivência é mais importante do que parece. Pode parecer chato, estressante, mas são essas reuniões que definem em quais casos as advertências e multas devem ser aplicadas. Também são discutidas questões que envolvem as áreas de lazer e outros espaços comuns.

Outra boa dica é informar aos vizinhos sobre acontecimentos que fogem do dia a dia. Em caso de realizar uma obra que possa durar alguns dias, ou receber alguns amigos para uma pequena confraternização, procure comunicar ao síndico e aos moradores mais próximos. Ter uma boa comunicação nesses casos demonstra empatia com o próximo. Além disso, procure sempre o diálogo para a resolução de conflitos. Com certeza, os problemas serão resolvidos de forma mais simples e direta.

Preserve os ambientes que vive, principalmente aqueles que são compartilhados com os vizinhos. Ajude a conservar e manter sempre em boas condições. Saiba usar e compartilhar; afinal, outras pessoas também vão querer ter experiências positivas, seja no salão de festas, na piscina ou academia.

Morar em um condomínio fechado se tornou o objetivo de muitas famílias. Normalmente, possui protocolos que oferecem alta segurança e incluem câmeras de segurança, portaria e portões automáticos. Outro ponto positivo é a estrutura que é disponibilizada aos moradores. Essa vantagem está diretamente relacionada com as instalações, como gás para condomínio, elevadores, sistema de monitoramento, etc.

O corpo de funcionários para as manutenções do condomínio também está incluso na infraestrutura. Problemas sempre aparecem, e, quando se mora em imóveis independentes, fazer cotação de serviços e contratação de profissionais para resolvê-los pode gerar mais desconforto. No caso de morar em um condomínio fechado, a resolução dessas situações é muito mais prática. Além das atividades de limpeza e segurança serem terceirizadas, existem prestadores de serviços que cuidam da manutenção e das instalações do condomínio periodicamente.

Existem diversas vantagens de morar em um condomínio fechado. E alinhando todas as dicas citadas, a harmonia entre os moradores irá prevalecer e os problemas serão solucionados da forma mais resolutiva possível.

Foto:Istock

Instagram