Suzano integra o Índice de Sustentabilidade Empresarial 2022

Companhia permanece na lista de empresas com atividade de destaque pela B3

A Suzano, referência global na fabricação de bioprodutos desenvolvidos a partir do cultivo de eucalipto, foi novamente selecionada para compor a carteira do Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3. O ISE é uma ferramenta que analisa a performance das empresas listadas sob o aspecto da sustentabilidade corporativa, justiça social, equilíbrio ambiental e governança corporativa.  

A companhia entrou na carteira divulgada hoje (01/12), composta por 34 companhias, e que terá vigência entre 3 de janeiro e 30 de dezembro de 2022. A Suzano também esteve presente na lista das empresas que compuseram o ISE durante o ano de 2021. 

 Índice de Sustentabilidade Empresarial 2022

A inclusão da Suzano no ISE 2022 é um reconhecimento ao compromisso da empresa em adotar boas práticas ESG (sigla em inglês para Ambiental, Social e Governança Corporativa). Ela acontece em um ano marcado pela ampliação dos “Compromissos para renovar a vida”, um conjunto de 15 metas públicas de longo prazo estabelecidas pela Suzano a serem alcançadas entre 2025 e 2030.

Um dos compromissos da companhia, assumido em 2021, é conectar até 2030 um total de meio milhão de hectares de áreas prioritárias para a preservação nos biomas Cerrado, Mata Atlântica e Amazônia. Também neste ano, a Suzano antecipou de 2030 para 2025 o objetivo de remover 40 milhões de toneladas de carbono da atmosfera.

O ano também foi marcado por outros compromissos relevantes por parte da companhia. A Suzano aderiu à campanha Business Ambition for 1.5oC e ao Science Based Target Initiative (SBTi), movimento que busca promover a redução das emissões de gases de efeito estufa e consequente transição global para uma economia de baixo carbono. O anúncio representa a adesão da Suzano à campanha “Race to Zero”, uma coalizão apoiada pela Organização das Nações Unidas (ONU) que reúne líderes comprometidos a atuar em uma recuperação saudável, resiliente e com o objetivo de estimular a descarbonização da economia mundial. 

E a Suzano também se tornou uma das 20 empresas parceiras globais do movimento 1t.org no lançamento de um compromisso público para conservar, restaurar e cultivar mais de 2,5 bilhões de árvores em mais de 50 países até 2030.

“São compromissos que reforçam o papel da Suzano em ajudar a promover iniciativas relevantes para a construção de um futuro mais sustentável e, ao mesmo tempo, que obtêm o reconhecimento de avaliadores externos por sua relevância”, afirma Marcelo Bacci, diretor executivo de Finanças, Relações com Investidores e Jurídico da Suzano.

Suzano

A Suzano é referência global no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras, de origem renovável, e tem como propósito renovar a vida a partir da árvore. Maior fabricante de celulose de eucalipto do mundo e uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, atende mais de 2 bilhões de pessoas a partir de 11 fábricas em operação no Brasil, além da joint operation Veracel. Com 97 anos de história e uma capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano, exporta para mais de 100 países. Tem sua atuação pautada na Inovabilidade – Inovação a serviço da Sustentabilidade – e nos mais elevados níveis de práticas socioambientais e de Governança Corporativa, com ações negociadas nas bolsas do Brasil e dos Estados Unidos. Para mais informações, acesse: www.suzano.com.br

Instagram