São Paulo deve gerar oportunidades de emprego e capacitação para 100 mil pessoas

Moradores do estado de São Paulo poderão receber auxílio de R$ 450 para ocupar vagas de meio período e fazer cursos que ampliam oportunidades

No mês passado, um novo programa foi anunciado pelo governo de São Paulo. A fim de diminuir a necessidade de servidores públicos e empregar uma parte da população que atualmente está desocupada, o programa, que ficou conhecido como “Bolsa Trabalho”, oferecerá 100 mil vagas para empregos de meio turno, assim como cursos capacitantes, com um auxílio extra de R$ 450 por mês.

A maior parte das vagas é voltada para serviços públicos, o que pode atrair quem busca mais experiência para prestar concursos em SP. Ao longo dos próximos meses, todas as vagas já terão sido divulgadas e preenchidas, de acordo com a expectativa do governo, principalmente em tempos de pandemia.

O programa já existe, mas deverá ser ampliado e receber um novo aporte financeiro para atender ainda mais pessoas. Atualmente, o valor da bolsa é de R$ 330, e o aumento precisou de aprovação na Assembleia Legislativa de São Paulo.

A ideia é que essa renda seja um auxílio para pessoas que estejam passando dificuldades em suas casas, além de aproveitar a capacitação para conseguir melhores oportunidades assim que possível. Com as grandes diferenças entre as regiões de São Paulo, o valor de R$ 450 poderá impactar bastante a vida de quem atualmente encontra dificuldades para se colocar no mercado de trabalho.

Segundo a organização do projeto, os cursos de capacitação deverão durar ao menos cinco meses, mas isso poderá ser prolongado pelos órgãos públicos, a fim de garantir que todos tenham melhores oportunidades ou que o programa possa atender mais famílias. Uma das ideias do projeto é baseada no que vem acontecendo na cidade de São Paulo, em que mães e pais podem operar como funcionários nas próprias escolas em que seus filhos estudam.

Governo anunciou mais medidas para oferecer suporte à população

Além desse programa, que propõe emprego imediato, o governo de São Paulo deverá ajudar com um auxílio de R$ 210, auxílio transporte e alimentação, além de internet para outros 30 mil moradores do estado, de acordo com o programa de cursos Via Rápida.

A ideia é que esse auxílio evite a evasão nesses cursos, principalmente para quem tem dificuldades de se deslocar até a escola ou para quem não consegue continuar os estudos em casa. Para participar do programa, é necessário comprovar as dificuldades financeiras.

Foto:Divulgação

Instagram