O que fazer quando seu veículo quebrar no meio da via?

Apesar de ser um momento desesperador, tudo pode ser facilmente resolvido com algumas medidas de segurança

Quando o carro quebra no meio da via ou de uma estrada, é um verdadeiro pesadelo para o motorista. Por ser algo imprevisível, nunca se sabe quando pode acontecer; afinal, os motivos variam muito: problemas no motor, insuficiência na bateria, pouca gasolina e por aí vai. Tudo pode ficar ainda pior quando a pessoa não sabe proceder adequadamente em uma situação dessas, o que é muito comum.

Justamente por não ser algo que possamos controlar, o primeiro passo é sempre fazer uma checagem para garantir que esteja tudo certo. Além da manutenção rotineira, fique sempre atento ao nível de combustível, às condições dos pneus, ao óleo do motor e outros fatores importantes. Desta forma, você consegue evitar que este tipo de situação aconteça com frequência.

Porém é claro que, mesmo se prevenindo, ainda pode acontecer. Neste caso, a primeira coisa que o motorista deve se preocupar é em tirar o veículo do caminho. Em uma situação como esta, a segurança sempre deve vir em primeiro lugar, e deixar o carro parado na pista pode causar um acidente, além de atrapalhar ainda mais o trânsito. Procure deslocar o veículo até um acostamento, posto de gasolina ou uma via com menos movimento – o foco será sempre tirá-lo do caminho dos outros motoristas.

Locomover o carro pode ser outro desafio, pois, muitas vezes, ele acaba parando de vez. Caso não seja possível tirá-lo da pista na direção, é nessas horas que um engate para reboque se faz útil. Chamar um guincho ou até aceitar que outro motorista reboque o veículo para uma área segura é uma ótima forma de controlar a situação. Além disso, a partir do momento que for reposicionado, não se esqueça de sinalizar a via, colocando o triângulo a pelo menos 30 metros de distância, alertando os outros motoristas e prevenindo um acidente.

Feito tudo isso, tudo que resta é pedir ajuda. As opções variam de acordo com as circunstâncias de cada um, então é possível ligar para a seguradora do veículo, para a empresa que está vinculado, caso esteja dirigindo a trabalho, ou até mesmo para um conhecido que possa mandar socorro.

O importante é sempre manter a calma e estar preparado para situações como esta. Seguindo todo o passo a passo, você provavelmente não terá problemas se eventualmente acabar passando por isso.

Foto: Divulgação

Instagram