Melhores modelos de Motorola até R$ 2,5 mil

Celulares da marca combinam alta tecnologia e um estilo inovador por preços mais acessíveis

Muitos pensam que para ter um celular com alta tecnologia é necessário pagar caro. Os modelos da Motorola estão aí para provar o contrário. Aparelhos intermediários da marca, que custam até 2.500 reais, garantem um bom uso para as funções do dia a dia e trazem detalhes inovadores.

Para te ajudar a escolher o modelo que melhor atenda às suas necessidades, listamos os modelos da Motorola com um preço que cabe no seu bolso.

Moto G9

Queridinho do público, o Moto G alia o preço baixo com uma performance que supre todas as necessidades do dia a dia. Atualmente está com uma nova versão: o Moto G9, lançado no segundo semestre de 2020.

Este modelo possui o dobro de memória RAM e do armazenamento interno de seu antecessor, Moto G8, além de um upgrade na câmera traseira tripla, que passou de 13 para 48 megapixels no G9 Play e 64 megapixels no G9 Power. As câmeras verticais, que eram símbolo dos modelos recentes da Motorola, foram substituídas pelas câmeras quadradas, tendência desde o lançamento do iPhone 12.

Além disso, a duração da bateria, um dos motivos principais que fez os celulares da Motorola serem tão conhecidos no mercado, é ainda maior nesse modelo. A bateria pode durar mais do que um dia inteiro dependendo das condições de uso.

A tela também teve um aumento de tamanho e resolução, passando de 6,2 polegadas no G8 para 6,5. Isso traz mais conforto para assistir vídeos e séries pelo celular.

Atualmente, o G9 pode ser encontrado em duas versões: o G9 Play, que oferece um preço mais acessível e configurações mais básicas; e o G9 Power, que conta com um upgrade nas suas especificações e um preço um pouco mais elevado do que a versão Play.

Moto G30

Ainda na linha G, a queridinha entre os celulares intermediários, há o lançamento do Moto G30 no primeiro semestre de 2021.

Suas especificações são muito parecidas com as do Moto G9 Play, porém há um aumento ainda mais significativo no tamanho da tela, que passa agora a contar com 6,8 polegadas além de contar com uma resolução Full HD. Esse aumento se dá pela diminuição das bordas pretas em volta do celular e uma acomodação da câmera frontal dentro da tela.

A câmera traseira quádrupla de 64 megapixels também conta com novas funcionalidades, como a função câmera lenta, o detector de sorrisos e a maior sensibilidade à luz.

Uma diferença entre os celulares Moto G9 e Moto G30 está na expansão do armazenamento. Enquanto os primeiros expandem até 512 GB em sua versão Power, o Moto G30 expande sua capacidade em até 1 TB.

O Moto G30 está mais leve e com um design ainda mais moderno do que o G9. No entanto, um ponto importante é o tempo de duração da bateria, que foi levemente reduzido em relação ao seu antecessor.

Moto One Fusion

A linha One Fusion conta com os modelos One Fusion e One Fusion Plus. A versão mais simples do Moto One Fusion traz um preço mais acessível do que sua versão Plus. Essa linha é uma grande aposta da Motorola no quesito de celulares intermediários, pois alia performance com diferenciais na hora das fotos.

O Moto One Fusion Plus é a prova disso. Lançado no primeiro semestre de 2020, oferece o inovador dispositivo da câmera frontal retrátil, que surge apenas quando ela é ativada. Além dessa função, que otimiza o espaço da tela, a câmera frontal conta com 16 megapixels na versão Plus e 8 na versão normal. A câmera traseira é quádrupla e contém 64 megapixels na versão Plus e 48 na versão normal.

A resolução da tela da versão Plus, de 6,5 polegadas, é Full HD. O modelo traz também um diferencial no processador, que é o Snapdragon 730. A versão é um upgrade quando comparado ao modelo Snapdragon 710, da versão original.

Moto E7 Plus

A linha E é a linha de celulares básicos da Motorola. Porém, com o lançamento do novo E7 Plus no segundo semestre de 2020, houve um encontro da linha básica com os modelos mais simples de intermediários.

A tela possui 6,5 polegadas, a memória RAM é de 4GB e a câmera traseira é tripla de 48 megapixels, enquanto a frontal possui 8 megapixels.

A maior diferença entre o Moto E7 Plus e o modelo mais simples dos intermediários citados, o Moto G9 Play, é o processador. Enquanto o E7 conta com o Snapdragon 460 de 1,8 GHz, o G9 traz o Snapdragon 662, de 2 GHz.

O principal diferencial do E7 Plus está no preço, que é consideravelmente menor do que dos modelos intermediários.

Instagram