Grupo VW lança maior campanha climática da história da empresa

 No Dia da Terra 2021, em 22 de abril, os 660 mil empregados do Grupo Volkswagen interrompem seu trabalho por uma hora para discutir sua contribuição para a proteção climática

• Os empregados comunicam seu objetivo climático pessoal sob a hashtag #Project1Hour

• Muitas campanhas especiais estarão hospedadas em sites em todo o mundo

• O CEO do Grupo Volkswagen, Dr. Herbert Diess: “Estou ansioso para receber muitas sugestões de nossas unidades ao redor do mundo para acelerar ainda mais nossas atividades de proteção climática.”

O Grupo Volkswagen assumiu um compromisso claro com o acordo climático de Paris. A empresa pretende ser neutra em carbono até 2050. Para isso, a Volkswagen está focada na eletrificação de seus produtos e na redução de CO2 da cadeia de suprimentos para reciclagem.

Mas a proteção climática também depende de contribuições individuais. É por isso que os empregados do Grupo Volkswagen em todo o mundo vão interromper seu trabalho por uma hora no Dia da Terra para obter mais informações sobre o clima mundial, determinar sua própria pegada de carbono e decidir sobre medidas de proteção climática pessoal.

Seja economizando energia no local de trabalho ou em casa, escolhendo a opção de viagem mais amigável ao clima em viagens de negócios ou reduzindo seu próprio consumo de carne – todos os empregados podem contribuir para combater as mudanças climáticas. As sugestões concretas de proteção climática no local de trabalho serão coletadas pela Estratégia do Grupo Volkswagen e posteriormente implementadas sempre que possível.

O processo do #Project1Hour no detalhe

Dr. Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen

O Dr. Herbert Diess, CEO do Grupo Volkswagen, explica a ideia por trás do #Project1Hour: “A Volkswagen assumiu um compromisso claro com a proteção do clima com sua estratégia e o design de seu portfólio de produtos. Como empresa, estamos fazendo um bom progresso para oferecer mobilidade totalmente livre de CO2 até 2050, o mais tardar. Ainda vemos muito potencial nos processos internos, em nossas várias unidades organizacionais e no comportamento individual para exemplificar nossa estratégia corporativa e acelerar a redução de CO2. No #Project1Hour, 660 mil empregados estão pensando em como podem melhorar a proteção do clima em seu ambiente. Estou ansioso para receber muitas sugestões de nossas fábricas ao redor do mundo para acelerar ainda mais nossas atividades de proteção do clima. “

O Presidente do Conselho de Trabalho do Grupo, Bernd Osterloh, também reservará uma hora em 22 de abril para descobrir sua pegada de carbono pessoal e apoiar #Project1Hour: “Só temos esta terra. E cabe a nós protegê-la – por nós mesmos e as gerações futuras. É por isso que, no dia 22 de abril, todos seremos chamados a nos engajarmos ainda mais intensamente neste tema. Só conseguiremos alcançar a sustentabilidade e a proteção do clima por meio da solidariedade. Assim como está escrito em nossos Princípios de Grupo: ‘Juntos imbatíveis’. Para nós, como empregados da indústria automotiva, o compromisso com o meio ambiente e o clima não é importante apenas nesta hora. É uma questão de nossa viabilidade futura. O #Project1Hour é, portanto, uma oportunidade de mostrar a força de nossos valores: Com diversidade, coesão, coragem e determinação, fazemos a diferença. “

Grupo Volkswagen

Georg Kell, porta-voz do independente Conselho de Sustentabilidade da Volkswagen, acrescenta: “660 mil empregados em todo o mundo tornam esta talvez a maior ação de funcionários para a proteção do clima na história industrial. Mas não se trata de querer ser melhor, maior, mais importante do que os outros. É sobre vermos nós mesmos como parte de uma comunidade global de responsabilidade. Uma comunidade na qual cada empresa e cada indivíduo dão sua contribuição para limitar as consequências ecológicas das mudanças climáticas.”

O #Project1Hour é acompanhado por diversas campanhas nos sites. Para citar apenas alguns exemplos: na fábrica da Volkswagen em Wolfsburg, um grande banner na usina e um desfile de carros elétricos chamarão a atenção para o projeto. A Volkswagen África do Sul replanta o logotipo da marca Volkswagen com “árvores de bacon” – Spekboom – de 45 metros de diâmetro que são particularmente absorventes de CO2. A Seat em Martorell, na Espanha, está interrompendo as linhas de montagem para o #Project1Hour. Na MAN Bus em Starachowice, na Polônia, os empregados podem entregar dispositivos elétricos antigos no portão da fábrica e receber uma planta de árvore em troca. Na Ducati, os funcionários conversam com o especialista em clima e ganhador do Prêmio Nobel da Paz Riccardo Valentini em um evento virtual.

Em algumas fábricas, o #Project1Hour não ocorrerá no dia 22 de abril devido ao curto período de trabalho, mas será realizado em uma data posterior.

Em preparação para o dia, empregados de várias marcas e regiões ao redor do mundo enviaram vídeos curtos que serão transmitidos nas redes sociais globais do Grupo em 22 de abril como um compromisso conjunto com a proteção do clima. Além disso, muitos empregados também farão um relatório sobre sua meta climática particular durante o dia com a hashtag #Project1Hour.

#Project1Hour

#Project1Hour: Os 660 mil empregados juntos pela proteção do clima
Instagram