Destinos históricos: locais no Brasil para entender a história do país

Cidades grandes, como Salvador, ou pequenas, como Ouro Preto, são destinos perfeitos para fazer uma viagem no tempo

Viajar é um dos melhores jeitos de mergulhar em outras culturas e histórias. Se estamos falando do Brasil, na nossa própria. Visitar lugares que mantêm construções antigas, museus e alguns rituais e hábitos que atravessam gerações é um convite a voltar no tempo e a entender como chegamos até aqui.

Quem visita esse tipo de destino turístico diz que a experiência é muito enriquecedora e, se você nunca foi a um desses lugares, deveria. O Brasil tem cidades históricas em todas as regiões e conhecer uma delas pode ser a sua próxima viagem inesquecível.

A seguir, fizemos uma lista com alguns desses destinos e os motivos pelos quais você deveria incluí-los na sua lista de planos.

Salvador, Bahia

A capital da Bahia já foi o principal centro econômico e político do país, sendo uma das cidades que mais se desenvolveu logo após a chegada dos colonizadores ao Brasil. O centro histórico da cidade, o famoso Pelourinho, preserva casarões e sobrados centenários, além de edifícios renascentistas.

A cidade conta a sua trajetória também nas tradições, na culinária e nos hábitos do povo, que é um dos mais hospitaleiros do país. Isso sem falar dos cenários paradisíacos e das praias de águas mornas, que também fazem parte da história da região. É um lugar ao qual todo brasileiro deveria ir ao menos uma vez na vida.

Ouro Preto, Minas Gerais

Fundada no século XVII, a construção da cidade mineira girou em torno do ouro, descoberto no leito do córrego que corta a cidade. O local também foi palco da Inconfidência Mineira, evento que consagrou Tiradentes e marcou a história do país.

Por lá, é possível encontrar casarões e igrejas preservados e o turismo é parte importante da economia da cidade, que oferece boa infraestrutura de serviços, com a vantagem da hospitalidade e das delícias da culinária mineira. Além disso, fica em uma região propícia para o ecoturismo, com cachoeiras e trilhas seculares.

Paraty, Rio de Janeiro

Localizada a pouco mais de 200 quilômetros da capital Rio de Janeiro, a cidade é considerada Patrimônio Histórico Nacional. Já foi um dos principais polos econômicos do país devido aos engenhos de cana-de-açúcar e ao porto, que também foi importante para escoar minérios.

Em muitas ruas do centro histórico, com casarões preservados, não se pode andar de carro, o que torna a viagem no tempo mais interessante. A cidade é cercada de mata atlântica preservada por todos os lados e tem um mar de águas transparentes, o que deixa o cenário todo ainda mais impressionante.

Pirenópolis, Goiás

Quem vê o clima ainda bucólico e tranquilo, nem imagina que a pequena cidade no interior de Goiás foi um importante centro urbano no século XVIII. Cercada de morros e cachoeiras, a cidade possui um centro histórico com arquitetura colonial bastante preservada e ruazinhas de pedra que são um charme.

Além dos roteiros históricos, há vários passeios ecológicos e, em poucos dias, dá para conhecer um pouco das duas coisas. A noite, a dica é visitar a Rua do Lazer, onde não passam carros e existem várias opções de bares e restaurantes com o melhor da culinária goiana.

Bento Gonçalves, Rio Grande do Sul

Em meio à paisagem exuberante da Serra Gaúcha, a cidade de Bento Gonçalves é um ótimo lugar para quem quer saber mais sobre a história dos imigrantes europeus no Sul do país, especialmente da comunidade italiana. No Museu do Imigrante é possível encontrar vários registros para entender mais sobre o passado do local.

A cidade é famosa por suas cantinas e vinícolas, além do tradicional passeio de Maria Fumaça, com degustação de vinhos e apresentações musicais tradicionais pelo caminho. A rota Caminhos de Pedra também vale muito a pena e passa por diversos pontos de visitação cheios de história.

Instagram