Consumo de combustível: dicas para otimizar o uso

Todo motorista adoraria saber algumas dicas para otimizar o uso do combustível. Afinal, gastar menos com a gasolina ou o etanol pode representar uma redução de custos considerável no fim do mês, o que permite uma sobra de dinheiro para outras coisas. No entanto, não é fácil fazer uma boa economia de combustível, especialmente porque a maioria dos motoristas não sabe como esse cálculo é feito.

Para se ter uma noção, atualmente a gasolina média no Brasil custa ao redor de R$4,59. Se um motorista tiver um carro que faz 8 quilômetros por litro e andar a média nacional de 20 mil quilômetros por ano, então ele gastará ao redor de R$11.475,00 por ano com combustível. Se ele conseguir melhorar essa eficiência para fazer 10 quilômetros por litro, então ele economizaria R$2.295,00 no ano. Já dá para investir ou fazer alguma outra coisa com o dinheiro, não é mesmo?

Mas como melhorar essa autonomia do carro? Confira a seguir algumas dicas para otimizar o uso do combustível!

5 dicas para otimizar o uso do combustível

1. Use um estepe mais leve

Você sabia que existe um tipo de pneu estepe que é mais leve do que o normal? Trata-se de uma peça com uma banda de rodagem bem fina, com durabilidade o suficiente para que o motorista possa dirigir até uma loja de pneus para comprar um substituto.

Se você tem um pneu normal como estepe, então você está carregando um peso extra considerável em seu carro. Quanto mais pesado ele estiver, maior será o gasto de combustível, já que o motor terá de fazer mais força para mover o carro.

Portanto, é importante tentar reduzir o peso do seu automóvel para andar de forma mais eficiente. Uma das maneiras de fazer isso é reduzir o peso do seu estepe, já que ele é um “peso morto” na maior parte do tempo.

2. Calibre bem os pneus

Você sabia que um pneu mal calibrado pode aumentar o consumo de combustível de um automóvel em até 20%? Isso mesmo! Se você está gastando muito com combustível recentemente, pode ser que o pneu do seu carro esteja descalibrado.

Dessa forma, é importante que você mantenha-o calibrado corretamente, já que a pressão interna da peça tem impacto direto no consumo de combustível.

Funciona assim: o pneu é a peça que permite que o automóvel ande. Se ele rodar facilmente, então a força necessária para fazer o veículo andar é pequena. Já se o pneu rodar com dificuldade, é necessário mais força para fazer o carro andar.

Um pneu descalibrado aumenta muito a dificuldade que a roda tem para girar, o que força bastante o motor do carro e aumenta o seu consumo energético. Portanto, a calibragem correta pode ajudar a economizar nesse aspecto.

3. Compre os pneus corretos

Além de tudo que vimos, é importante que você compre os pneus certos se quiser aumentar a economia de combustível do seu automóvel. Afinal, existem ainda outros fatores a  serem considerados nessa hora.

Por exemplo, cada pneu é avaliado em três elementos ao sair da fábrica: resistência ao rolamento, aderência ao piso molhado e barulho ao girar. Um pneu com baixa resistência ao rolamento, como já visto, é um pneu mais econômico.

Em segundo lugar, existe o tamanho do pneu a se levar em conta. Modelos maiores e, portanto, mais pesados são também mais “beberrões” e forçam o automóvel a consumir mais combustível. Então, o ideal é evitá-los.

4. Dirija sem forçar o carro

Muitos motoristas, especialmente iniciantes, tendem a forçar um pouco o carro quando estão dirigindo. Isso significa acelerar um pouco demais, dar arrancadas, frear de repente e até mesmo demorar um pouco para trocar a marcha.

O problema dessas ações é que elas forçam o motor do carro a produzir mais aceleração do que ele realmente precisa. Essa aceleração é produzida ao queimar combustível, o que aumenta o consumo desnecessariamente.

5. Evite usar o ponto morto

Por fim, uma última dica importante para economizar combustível é evitar o uso do ponto morto. Isso pode parecer contraproducente, mas o ponto morto consome mais combustível do que usar uma marcha baixa.

A explicação é bem simples: você entra em ponto morto e depois precisará sair dele. Isso significa que precisará acelerar e ir do ponto morto para a 1ª marcha. Esse processo costuma queimar mais gasolina do que manter o percurso na primeira marcha e então avançar para a segunda.

Essas são as 5 principais dicas para otimizar o uso do combustível. Ao colocá-las em prática, você conseguirá melhorar bastante o seu consumo e, assim, economizar com os seus gastos com gasolina ou etanol. Dessa forma, poderá sobrar algum dinheiro na sua conta todos os anos, seja para quitar uma dívida, seja para investir, ou pagar aquela viagem que você quer fazer há muito tempo.

Gostou das nossas dicas? Então compartilhe-as com seus amigos no WhatsApp!

Instagram