Como manter uma rotina equilibrada para evitar a exaustão mental no home office?

Cuidados com saúde física e mental ajudam no trabalho remoto

Com a pandemia do coronavírus impondo trabalho e estudo remoto, muitas pessoas acabam chegando ao esgotamento mental. A falta de limite para o home office, somada aos problemas do dia a dia da quarentena, têm levado cada vez mais pessoas a um estado de exaustão mental. O problema pode persistir e até se transformar em Síndrome de Burnout com exaustão extrema. É importante equilibrar os afazeres para evitar a exaustão mental no home office.

Para que o trabalho em casa não leve a um quadro de esgotamento, é preciso prestar atenção à rotina de tarefas. É essencial fazer pausas depois de cada hora de trabalho. Quando se trabalha em casa, as horas extras, muitas vezes, não são percebidas e devem ser evitadas. Alongamentos para quem trabalha sentado por muito tempo também ajudam a prevenir problemas futuros e manter as articulações saudáveis. Depois de muitas horas na mesma posição na frente do computador, a circulação da perna fica prejudicada. Esticar a coluna também é fundamental e, enquanto estiver sentado, manter a postura.

Atenção à alimentação auxilia quando se trabalha em home office. Não se deve pular refeições ou comer petiscos em frente ao computador. É importante comer frutas, legumes e vegetais e manter uma dieta balanceada, evitando consumir produtos ultraprocessados. Em caso de cansaço extremo, vale fazer um exame de sangue e, com orientação médica, detectar se não há falta de nutriente.

Algumas empresas estão oferecendo auxílio psicológico e treinamentos para um trabalho remoto mais saudável. Podem-se usar os benefícios que as empresas proporcionam ou mesmo fazer por conta própria. Uma boa prática de respiração e meditação podem auxiliar, além de reservar tempo para fazer uma atividade física para uma sensação de bem-estar.

A internet proporciona muitas oportunidades. É possível encontrar sites e aplicativos para atividades físicas como ioga e alongamento, como os que monitoram humor e níveis de estresse. Estar ciente do momento que passa e do diagnóstico do problema ajuda a contra-atacá-lo. O autocuidado deve ser priorizado.

É indispensável manter o equilíbrio emocional. Em tempos de isolamento social, o contato com amigos e familiares impacta positivamente. É possível falar por chamada de áudio ou vídeo ou até trocar mensagens. Momentos de lazer e descontração colaboram para uma rotina equilibrada. Detectar o que estressa no trabalho é essencial para trabalhar na evolução do item em questão. Com uma série de cuidados, o home office pode não levar a um estado de esgotamento mental.

Foto: Divulgação

Instagram