Quais são as doenças transmitidas por pulgas e carrapatos?

Quando as temperaturas começam a ficar mais quentes, um problema passa a preocupar os donos de cães e gatos: as pulgas e carrapatos. Os pets ficam se coçando, incomodados com as picadas, sem contar o risco de enfermidades, como a famosa doença do carrapato.

A melhor forma de evitar a proliferação de pulgas e carrapatos é oferecer alguma proteção, como os sprays e comprimidos, que podem durar de semanas a um mês. Inclusive, esta dica é válida para qualquer cão ou gato, viva ele em um apartamento ou em um sítio.

Mas, para entender melhor o porquê você deve proteger seu pet contra pulgas e carrapatos, conheça quais doenças podem ser transmitidas por estas pragas.

Doenças transmitidas por pulgas

Conheça as doenças transmitidas pelas pulgas:

Dermatites

Cães ou gatos que estejam há muito tempo lidando com as pulgas podem desenvolver problemas de pele, ligados a dermatites. Chamada também de DAPP (Dermatite Alérgica a Picada de Pulgas), é uma situação muito comum, principalmente quando o animal fica muito tempo exposto às pulgas.

A reação alérgica é causada pela saliva das pulgas e o cão ou gato pode começar a perder pelos, desenvolver feridas e até caspa.

Transmissão de vírus

Como picam vários animais, há o risco de transmissão de várias doenças causadas por vírus, já que o inseto tem contato com o sangue dos cães e gatos. Se uma pulga morde um animal infectado e em seguida um sadio, pode estar carregando o vírus e o pet saudável pode ficar doente.

Além da prevenção contra as pulgas, é importante manter o cão ou gato com as vacinas em dia, para evitar o desenvolvimento de alguma enfermidade causada por vírus.

Micoplasmose

Esta doença é causada por bactérias e pode ser perigosa para os pets. Destrói os glóbulos vermelhos e pode deixar o animal anêmico. É mais comum em gatos do que em cães.

Tênia

Pulgas também podem transmitir vermes. A tênia causa perda de apetite, insônia e coceira no ânus. O risco maior de infecção ocorre quando o animal acaba, ao se coçar, ingerindo um inseto que está infectado. Pode afetar tanto os cães quanto os gatos.

Anemia

O quadro anêmico ocorre quando um animal está há muito tempo infestado por pulgas, já que os insetos se alimentam de sangue. Causa fraqueza e pode ser um risco para pets idosos ou muito jovens.

Além de tratar a anemia, é preciso também lidar com a infestação de pulgas.

Doenças transmitidas por carrapatos

Conheça as doenças transmitidas pelos carrapatos:

Babesiose canina

Causada por um protozoário, é uma doença que atinge os cães e é considerada grave. Afeta os glóbulos vermelhos, resultando em anemia severa e até problemas em alguns órgãos do corpo, como fígado e rins.

Febre, dificuldade para respirar e perda de apetite são alguns dos sintomas, porém, há casos em que o animal pode vir a óbito em quatro dias, quando a Babesiose afeta o sistema nervoso.

Doença do carrapato

A doença do carrapato é uma das enfermidades que mais preocupa os donos de cães. É transmitida por um tipo específico de carrapato, devido a sua picada, o Rickettias.

Causa a destruição dos glóbulos brancos, resultando em problemas sérios do sistema imunológico. Além da febre, o cão pode apresentar também sangramento nasal.

Apesar de mais comum nos cães, há casos registrados da doença em gatos, portanto, os proprietários devem se manter sempre atentos, pois a enfermidade também é grave nos felinos.

Febre maculosa

A febre maculosa é causada por algumas bactérias encontradas em carrapatos e atinge não apenas cães e gatos, como também os humanos. Conhecida também como febre do carrapato, seu principal sintoma é a temperatura mais alta do corpo.

Os animais infectados podem apresentar também diarreia, problemas respiratórios e edemas no focinho.

Borreliose canina

Também chamada de Doença de Lyme, pode afetar também os humanos, além dos cães. Ocorre quando carrapatos permanecem a sugar o sangue por muito tempo, entre 12 e 24h seguidas.

Como consequência, alguns órgãos acabam acometidos, como é o caso do coração. Dentre os sintomas observados, a febre e dores articulares são os mais comuns.

Como prevenir estas doenças?

A melhor forma de prevenir as doenças causadas por pulgas e carrapatos é manter todas as vacinas do seu pet em dia, realizar a desvermifugação sempre que for recomendado e eliminar as pragas da casa e do animal.

Dessa forma, você mantém a saúde do seu companheiro em dia e ainda evita que ele transmita doenças para outros animais ou pessoas.