Prefeitura promove conscientização sobre as hepatites

A Prefeitura de São José dos Campos promove durante todo o mês de julho a campanha “Julho Amarelo”, que visa conscientizar a população sobre as hepatites virais (B e C). Todas as unidades de saúde estarão mobilizadas para realizar a testagem rápida para estas doenças.

“Julho Amarelo”

A campanha tem o objetivo de alertar sobre a importância do diagnóstico precoce, reduzindo os riscos e melhorando a qualidade de vida das pessoas. As ações educativas e o teste rápido serão intensificados nas unidades básicas de saúde e no Centro de Referência em Moléstias Infecciosas (CRMI), que fica na rua Amin Assad 200, Jardim São Dimas.

Os usuários da rede receberão aconselhamento antes e depois do exame. Em caso positivo, o paciente será encaminhado para tratamento no ambulatório de hepatites, que funciona junto à Unidade de Especialidades (UES) da Secretaria de Saúde, na Avenida Madre Tereza, 449, Centro.

As doenças

Dia 28 de julho é o Dia Mundial de Luta contra as Hepatites. As hepatites virais são doenças silenciosas, provocadas por diferentes tipos de vírus (A, B, C, D, E) que prejudicam o fígado, com características epidemiológicas, clínicas e laboratoriais distintas, com diferentes vias de transmissão e em alguns casos, com sinais e sintomas manifestos décadas após o contágio.

Hepatites

A hepatite C é a responsável pela maior parte dos óbitos por hepatites virais no Brasil e representa a 3ª maior causa de transplante hepático. Para se prevenir é recomendado o uso de preservativos e a administração de 3 doses da vacina de hepatite B.

Para a hepatite C não existe vacina. Outra forma de prevenção é não compartilhar material de uso pessoal, como alicates de cutícula, lâminas de barbear, escova de dente, entre outros.

Os testes para hepatites B e C estão disponíveis nos serviços de saúde para todas as pessoas. O teste para hepatite C é recomendado, sobretudo, para quem tem mais de 40 anos, pois pode ter havido exposição ao vírus na juventude.

O uso de drogas também está relacionado à transmissão das hepatites e outras doenças. Tatuagens e piercings só devem ser feitos em locais autorizados e é necessário que todo o material utilizado seja esterilizado ou descartável. As hepatites B e C têm tratamento gratuito no SUS.

Casos

São José dos Campos registrou nos primeiros seis meses deste ano 12 casos de hepatite B e 13 de hepatite C. Durante todo o ano de 2019, foram registrados 77 casos de hepatite B e 148 de hepatite C.

Instagram