Julho com Ares de Ano Novo para a Bolsa de Valores e para a Economia

Julho sinaliza um cenário positivo para a Bolsa de Valores e isto pode representar também melhoras para a economia real, para muitos o ano de 2020 começa agora.

Gustavo Neves, economista e assessor de investimentos da Plátano Investimentos – XP investimentos de São José dos Campos, explica o porquê dos sinais de recuperação.

Algumas empresas conseguiriam se manter no cenário super adverso da pandemia, como as de saúde (farmacêuticas e de insumos), as alimentícias, as de agropecuária, a construção civil e as de tecnologia. A partir de agora, com a flexibilização da economia, empresas periféricas a estes setores retomam de forma gradual as atividades.

“Primeiramente, pelo lado das indústrias, temos que o início de julho tem mostrado a resiliência das empresas frente as complicações impostas pelo isolamento social. Neste momento surgiram diversos tipos de inovações tecnológicas que ajudaram a aliviar os problemas das empresas, que foram consequentes dessa pandemia”, falou o economista da Plátano.

Por conta desta sobrevivência a um mercado de consumo semi fechado, as empresas que seguiram em atividade e que ainda conseguiram um equilíbrio entre a crise da pandemia, a manutenção de empregos e conseguir faturar, foram bem vista por investidores e consequentemente viram suas ações subirem na Bolsa Brasileira.

O índice Ibovespa ultrapassa o patamar dos cem mil pontos, mesmo com a menor alocação de capital estrangeiro da história do Brasil.

Isso para muitos analistas é um ótimo sinal, dado que os estrangeiros sempre foram os maiores responsáveis pelo desempenho do mercado financeiro, e hoje quem está dando as cartas são os investidores pessoas físicas, que superaram hoje até os institucionais (Fundos de Investimentos e Bancos).  A B3 registrou um aumento de 440 mil CPFs cadastrados em corretoras, a própria Plátano Investimentos – XP Investimentos teve um crescimento de 40% no atendimento as pessoas que ingressaram na bolsa. Em 2020 o número de pessoas entrantes na bolsa dobrou em relação ao ano anterior, chegando à 2,48 milhões de pessoas.

Bolsa de Valores

No último dia 16 de julho, a Bolsa registrou 13,72% do total de volume negociado por pessoas físicas, número esse que não passava dos 3,5%, segundo dados da B3.

Plátano InvestimentosXP Investimentos

“A Plátano Investimentos tem aberto contas de centenas de novos clientes de todas as partes do país, muito por conta da sua forte expertise em ações e derivativos, o que têm chamado atenção de investidores de todas as regiões. Na Plátano o cliente possui suporte na composição total de sua carteira, sabendo definir áreas de risco e aproveitar a alta da bolsa da melhor maneira”, comentou Neves.

Por outro lado, dentro de uma organização interna política tributária, se o país fizer a lição de casa – que necessita ser feita – deverá atrair de volta os investidores estrangeiros.

“ Analistas afirmam que países emergentes como o Brasil são alvos de investidores estrangeiros, e dito isso, em um momento futuro o estrangeiro voltará, porém com um aporte de capital muito maior que poderá levar a bolsa rapidamente a patamares superiores aos 150 mil pontos. Esta começa a ser a expectativa, avaliou Gustavo Neves.

Se a pandemia gerou crise, ela fez as pessoas ficarem atentas ao lidar com o próprio capital e saber mais sobre investimentos. A procura por termos ligados a educação financeira nos mecanismos de pesquisa na internet cresceu exponencialmente.

E como aproveitar este momento de retomada gradual da economia e de oportunidades que o mercado acionário oferece neste momento?

O economista e assessor de investimentos da Plátano Investimentos sugere algumas dicas:

Pesquise nas fontes primárias: desconfie de fórmulas mirabolantes de investimentos que prometem um retorno fácil e rápido.

Seja criterioso na escolha dos seus ativos de investimento, e procure a ajuda de um profissional credenciados pelos órgãos 

fiscalizadores do setor. Desconfie de ativos que prometem retorno alto e que se dizem “livres de risco”.

Na montagem da carteira de investimentos, selecione ativos que são adequados ao seu perfil de risco, e que acompanhem retornos esperados dentro da realidade, e que fiquem de acordo com suas expectativas e conhecimentos.

Faça um planejamento de longo prazo. Crises são passíveis de acontecer. Tenha sempre uma reserva de emergência e um plano de seguros contratado para suportar situações de imprevisibilidade.

Plátano Investimentos: Av. Cassiano Ricardo, 319, sala 2106. Ed. Pátio das Américas. Jardim Aquarius. (12)3322-8916.

Instagram