Intervenções artísticas do projeto Cidades Inteligentes darão vida nova à Praça Santa Branca em Jacareí

O projeto ‘Cidades Inteligentes’ chega a região metropolitana do Vale do Paraíba. O projeto, que já passou pela capital paulistana na primeira quinzena de setembro, leva intervenções artísticas e dá vida nova a espaços públicos. Em Jacareí, a intervenção acontece na praça Benedito Batista Nogueira, popularmente conhecida como ‘Santa Branca’. A iniciativa vai reunir jovens de 12 a 18 anos da região, e também alunos da escola estadual Benedita Freire para um ciclo que envolve oficinas gratuitas de design paisagístico, mobiliário urbano e grafite e pintura, sendo que a última é comandada por Alan ‘Tubão’, grafiteiro e ilustrador, que já foi aluno da escola. 

‘Santa Branca’

O propósito é mobilizar a comunidade local para atuar na transformação da praça por meio da arte e da sustentabilidade, despertando para a importância de conservar um espaço que é de todos. A praça, que é carinhosamente chamada de ‘Santa Branca’ em homenagem a um falecido morador do bairro, conhecido pelo mesmo apelido, receberá intervenções artísticas que estimulam o protagonismo juvenil, na intenção não só de renovar o ambiente, mas também de possibilitar que, através das técnicas aprendidas, os adolescentes possam desenvolver empreendimentos futuros. A execução das atividades vai acontecer entre os dias 23 a 28 de setembro e, para celebrar o espaço repaginado, será feito um evento gratuito para toda a população, com atrações culturais, com data marcada para o domingo dia 29 de setembro, das 15h às 18h. 

Grafiteiro Alan Tubão

O grafiteiro Alan Tubão mediará o desenvolvimento de um projeto artístico, construído coletivamente através da oficina de grafite. Além disso, haverá também a oficina de design de mobiliário urbano que capacitará os participantes para elaborar um plano de intervenção artística a partir de novos móveis e estruturas em madeira e materiais recicláveis. Por fim, a oficina de design paisagístico vai privilegiar a dimensão sustentável da construção de áreas verdes com diferentes espécies de plantas utilizando o paisagismo como forma de transformação de espaços. 

“A proposta busca incentivar crianças e jovens a estimular a criatividade e viabilizar revitalização dos espaços urbanos com os resultados das oficinas. Serão utilizados materiais comuns e de fácil acesso, buscando o reaproveitamento ou ressignificação de materiais”, comenta Luciana Pitombo, da Plantar Ideias. 

Cidades Inteligentes

O projeto Cidades Inteligentes já passou por São Paulo e também levará a sua arte urbana para Jundiaí (SP), Uberaba (MG) e Queimados (RJ). Com patrocínio da Duratex, por meio da marca Deca, a iniciativa foi concebida pela produtora cultural Numen Produtora e é uma realização da Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Pátria Amada Brasil Governo Federal, viabilizada por meio da Lei de Incentivo à Cultura. E na parte da coordenação das atividades, está o estúdio Plantar Ideias, responsável por criar o plano pedagógico e os projetos visuais que serão desenvolvidos nas oficinas grafite, mobiliário urbano e paisagismo. As oficinas com os jovens vão ser ministradas por uma equipe de educadores especialistas nas respectivas áreas, valorizando talentos locais. 

“A ideia não é apenas reinventar e melhorar um espaço público junto com as pessoas do bairro e sim levar a arte ao alcance de todos. Queremos mostrar que a arte pode e deve ser acessível e presente em diversos cantos da cidade. A sensação de pertencimento e de respeito ao coletivo é o que faz cada um querer ser melhor e fazer sua parte”, diz Gianna Toni, produtora executiva do projeto pela Numen Produtora. 

Além disso, para potencializar a circulação de pessoas, uma rede de wi-fi com conexão gratuita por um ano será instalada no espaço.

Foto da praça “Santa Branca”, em Jacareí, como está agora, antes do projeto
Foto da expectativa de como deve ficar a praça depois de repaginada