Fintech lança podcast sobre finanças e tecnologia

Uma recente pesquisa divulgada pelo Ibope revelou que cerca de 50 milhões de brasileiros, ou seja, 40% dos internautas ativos no país, já tiveram alguma experiência com podcasts. A possibilidade de ouvir um programa pelo celular trouxe ao consumidor uma nova opção de mídia, direcionada e com foco em conteúdo. Com isso, muitas empresas vêm aproveitando a onda para produzir conteúdo personalizado e segmentado como forma de atrair seu público.

Fintech curitibana Juno 

Percebendo essa nova forma de dialogar, a fintech curitibana Juno lançou o Código Azul, um podcast sobre finanças, mercado de trabalho e tecnologia. A ideia é que semanalmente o programa reúna profissionais do mercado para uma conversa sobre inovações tecnológicas e culturais relacionadas ao segmento. Além de provocar uma discussão bem democrática sobre o futuro do mercado, bem como seus desafios. “Para nós, é uma opção de explorar o ecossistema de startups e tratar de assuntos relativos a finanças e tecnologia de uma maneira descontraída e ao mesmo tempo com conteúdo especializado”, conta Matheus Bernert, CEO da Juno.

Segundo estudos realizados pela Audio.Ad em parceria a Qriously sobre os hábitos de consumo do áudio digital no Brasil, 68% dos brasileiros chegam a gastar até 12 horas por semana consumindo produtos de áudio em plataformas digitais, e 59% escutam algum tipo de conteúdo de áudio digital todos os dias. “Os departamentos de marketing precisam estar atentos à popularização desse formato, e, mais que isso, aprender a produzir conteúdo de qualidade para o seu público”, diz Dani Starck, analista de marketing e uma das responsáveis pela produção do podcast da Juno.

No Código Azul, o foco é levar ao público um conteúdo moderno, de alto nível, e que, principalmente, seja útil para os usuários. “Entre os assuntos abordados pelo nosso podcast estão: maternidade e carreira, diversidade no ambiente de trabalho, liderança na área de tecnologia, entre outros. Como a questão dos desbancarizados, pagamentos online, e temas que estão relacionados com o mundo das finanças e de tecnologia, que é o que sabemos fazemos de melhor”, complementa Dani Starck.

Gabriel Falk, apresentador do podcast Código Azul

A era do conteúdo

Com as mudanças de investimentos em mídia e a facilidade de produção em materiais como podcasts, a Juno, assim como outras grandes empresas brasileiras, encontrou na internet um vasto campo de comunicação direcionada. Para se ter uma ideia dessa realidade, somente no último trimestre de 2019, foram registrados mais de 30 mil novos podcasts no Spotify. No Brasil, segundo a Associação Brasileira de Podcasters (Abpod), são mais de 2 mil podcasts ativos, ou seja, aqueles que produzem conteúdo com frequência. “Essa é uma forma de nos comunicarmos claramente não só com quem é cliente da Juno, mas também com quem se interessa por tecnologia e finanças. A ideia é lançar um programa por semana, com temas que estão em alta na área”, completa Dani Starck.

Código Azul

Você pode ouvir o Código Azul, podcast da Juno, pelo site https://codigoazul.juno.com.br/ ou direto nas plataformas digitais Spotify, SoundCloud e Itunes.