Atual campeã do Panamericano de Surdos, Seleção Brasileira define time oficial

Equipe convocada conta com 14 jogadores de nível técnico e físico avançado para representar o país na competição em novembro.

Agora é oficial. O time da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei de Surdos que representará o país no Panamericano no próximo mês, em Brasília, está definido. Os 14 jogadores escolhidos passaram por três meses de seletivas e um treino oficial para saber quem estaria na delegação oficial brasileira.

Após uma triagem criteriosa realizada pela equipe técnica de vôlei de surdos do Brasil, os jogadores escolhidos irão para Brasília nos dias 24/11 a 01/12, onde jogarão o Panamericano de Voleibol.

“Estamos satisfeitos com a seleção e otimistas com o campeonato. O último jogo oficial da Seleção foi em 2017 na Surdolimpíadas na Turquia onde ficamos na 5° colocação. Estamos ansiosos e felizes em poder estar de volta. Vamos fazer de tudo para conquistar a medalha de ouro para o nosso país e continuar incentivando o esporte como ação social”, destaca Mario Xandó, técnico da seleção e medalhista olímpico de vôlei em 1984.

A Seleção Brasileira de Vôlei de Surdos é a atual campeã do Panamericano de Surdos e está em busca do bicampeonato. A equipe tem patrocínio do Banco do Brasil e apoio do Governo Federal. 

Este ano, o esporte para surdos voltou a receber o suporte necessário para participar das competições. O Panamericano de Vôlei de Surdos será nos dias 24/11 a 01/12, em Brasília. 

Seleção Brasileira Masculina de Vôlei de Surdos

Conheça o time oficial da Seleção Brasileira Masculina de Vôlei de Surdos:

– Lucas Bonalume Vieira – RS

– Guilherme dos Santos Westermann – Rio

– Guilherme de Carvalho Celestino – SP

– Toribio Ramos Malagodi – RS

– Rafael Camargo Santiago Pereira – MG

– Fabio Meira Alves – RS

– Felipe de Oliveira Neto – RS

– Cairo Gomes Fernandes – MG

– Luciano Canesso Dyniewicz – PR

– Douglas Ozores Rosa – SP

– Valberto de Lima Paixa Júnior – SP

– Washington Olegário da Costa Neto – SP

– Alex Sandro Cardoso Borges – RS

– Daniel Ribeiro Prado – SP

Foto: Divulgação