Atleta e Professor de Sipalkido, Marcio Souza se consagrou Pentacampeão Brasileiro em Defesa Pessoal

O atleta e Professor de Sipalkido, Marcio Souza se consagrou Pentacampeão Brasileiro em Defesa Pessoal no Campeonato Aberto de Artes Marciais, juntamente com a atleta Joice Cristina que também foi campeã, o professor Marcio ainda foi campeão na categoria formas coreanas.

Eles representam a Academia Samjoko Moo Sool Kwan na cidade de Jacarei, sob supervisão do Grão Mestre Andreas Esquivel da Argentina. Os atletas conseguiram o feito neste último domingo (28 Abril), no Ginásio Municipal de Esportes de Santa Isabel – SP.

O evento contou com a participação de vários atletas de várias modalidades, vindo lutadores de vários Estados Brasileiros.
Este foi o primeiro evento representando o Sipalki Dan Bong Kwan como diretor regional no Estado de São Paulo, a intenção é ganhar novos admiradores dessa arte, chamar atenção para a prática do esporte.

O Sipalki-Do é uma arte marcial de origem coreana que utiliza qualquer parte do corpo e um repertório variado de armas para autodefesa, utilizados pelos soldados que não possuíam armas modernas na época.

A Coréia Antiga era socialmente moldada por diferentes clãs familiares, tribos que eram organizadas em ligas, depois estados tribais ou confederações e finalmente reinos. Suas tropas e exércitos, embora diferentes, tinham suas próprias semelhanças porque eram estados vizinhos, uma vez que lutavam pelo mesmo território e recursos. Seus guerreiros compartilhavam sua descendência étnica e as características deles.

Sipalki-Do, em (coreano: Sib Pal Ki ou Sib Pal Gi, é uma arte marcial de origem milenar com raízes na China. Foi introduzida na região onde hoje se situa a Coreia do Sul por Mongóis e cuja primeira menção escrita foi no texto ilustrado sobre antigas artes coreanas de guerras chamado “Muye Dobo Tongji” (livro ilustrado sobre Artes Marciais), publicado em quatro volumes no ano de 1790, por ordem do rei Chongio.

Até o ano 1552 d.C., na Coreia existiam mais de 56 técnicas distintas, com e sem o uso de armas. E neste ano, por ordem do rei da Coreia, as técnicas de Artes Marciais foram resumidas a 18, originando-se assim o nome Sipalki: SIP=10, PAL=8, KI= técnica, 18 técnicas (com e sem armas) ou “O Caminho para as 18 Técnicas”.

Sipalki é a palavra transcrita coreana que significa “As 18 técnicas”. Com a palavra, faz-se referência ao caminho do conhecimento, cultivo da moral e atitude, respeito, humildade e auto-aperfeiçoamento. A arte do Sipalki é composta de técnicas externas e internas e o número delas não é limitado, mas é um estilo aberto que se adapta a diferentes situações de defesa pessoal. Não é um método focado na competição, embora os torneios sejam realizados.

A primeira das 18 técnicas é chamada Ho Sin Sul e engloba todos os tipos de movimentos de autodefesa, como apertos, pontos de pressão, técnicas de imobilização ou projeções.

A segunda técnica, Kwom Bop, vem dos sistemas de luta de monges budistas e inclui ataques de mãos abertas, pés, cabeça, defesas de vários ângulos, posições e técnicas de meditação.

A terceira técnica é chamada de Kyo Yong e engloba a estratégia e as combinações de movimentos necessários em situações de autodefesa contra vários oponentes.

As 15 técnicas restantes dos 18 que compõem o sistema Sipalki lidam com o manuseio de diferentes armas, tanto no ataque quanto na defesa, a saber: bastão articulado, bastão curto, bastão longo, sabre , espada, faca, duas facas, escudo, cinto , chicote, lança, baioneta , luvas, machado , tiro com arco.

O Grão Mestre Andreas Esquivel,começou o treinamento de Sipalki em 1980 sob as ordens do GM Pedro”Puchi”Barberan. Competidor em torneios nacionais e internacionais,ele foi o primeiro mestre de Sipalki que competiu nos Estados Unidos em Los Angeles no ano de 2000, obtendo o primeiro lugar em combate , segundo lugar em formas coreanas,Ex-aluno e colaborador direto do GM YOO SOO NAM ,Introdutor do Sipalki-do na Argentinas até o ano de 2006 que funda sua própria Organização.

Desde 2011, o Grão Mestre ANDRES ESQUIVEL 8º DAN INTERNACIONAL, adotou o nome de estilo da sua escola como CHEL Pung KWON (Punho que corta o vento), substituindo o nome ION BI RYU, um estilo que trouxe a GM YOO SOO NAM no ano 70.No entanto, respeitando integralmente o antigo programa ION BI RYU, como foram ensinados na época, foram organizadas apenas as técnicas para uma melhor aprendizagem e outras lembranças foram atualizados para estar vivendo hoje.

Somos uma organização líder dentro das artes marciais com sede na Argentina,temos representantes na Argentina e nos países vizinhos. Ensinamos um verdadeiro sistema de defesa pessoal sem deixar de lado conceitos e tradições que foram ensinados por nossos Mestres, mas também encorajamos a amizade, o companheirismo entre praticantes que retornam à sociedade indivíduos com valores e princípios. Incluímos entre os nossos membros Mestres e professores, não só de Sipalki, mas também de outros sistemas que sentem a necessidade de continuar treinando, fomentando camaradagem e respeito, tendo como premissa o trabalho em equipe. Sem dúvida, esta Organização é o FUTURO …

Agradecemos aos que sempre acreditam na nossa competência e estamos receptivos àqueles que queiram associar sua marca à campeões assim como nossos parceiros, Verpen Automação Industrial,Lavanderia Canaã, Jornal Joseense , e a todos os pais e amigos que acreditaram no nosso trabalho.

Os interessados em aprender esta arte marcial podem procurar a Academia Samjoko Moo Sool Kwan que fica localizada na Praça Conde de Frontin n 70 , sala 24 – Jacarei – SP. Contato no whatsapp (12) 988078583.Temos tambem aulas de Tangsoodo, Hapkido IHF e Hankumdo

Fotos: Divulgação