Volta às aulas: Prefeitura participa de reunião com Governo de SP

O prefeito de São José dos Campos e representantes de 645 cidades paulistas participaram, nesta quarta-feira (13), de reunião online com o governador João Doria e os secretários de Estado Rossieli Soares (Educação) e Marco Vinholi (Desenvolvimento Regional). No encontro, foram apresentados os detalhes da volta às aulas presenciais nas escolas do Estado.

Na reunião online também foi anunciado investimento de R$ 80 milhões para o programa de ampliação de oferta de vagas em creches escolares.

São José dos Campos

Em São José, o retorno das aulas presenciais para os alunos da rede de ensino municipal está previsto, de forma gradual, para 8 de fevereiro. Neste primeiro momento, a volta às aulas presenciais não será obrigatória.

Todas as escolas municipais já contam com máscaras de tecidos para alunos, professores e equipe gestora, face shield (para professores e equipe gestora), tapetes sanitizantes e termômetro para medir a temperatura. Será respeitado ainda um distanciamento de 1,5 metro entre os estudantes. As unidades escolares contam ainda com álcool em gel 70%.

Estado

De acordo com o governador, “a Educação é fundamental para todos nós que somos pais, temos filhos que há mais de 12 meses estão distantes de suas aulas, do ensino, de seus professores e que precisam, com critério, com planejamento retomarem suas aulas”.

Para este ano, foi autorizada pelo Governo do Estado a abertura das escolas em todas as fases do Plano São Paulo, obedecendo aos critérios de segurança estabelecidos pelo Centro de Contingência do Coronavírus.

“Hoje, a ciência nos mostra que o espaço escolar é seguro desde que realizemos todos os protocolos corretamente. Como Governo do Estado, estamos seguindo a ciência e, junto com as prefeituras, vamos avançar para priorizar cada vez mais a educação, abrindo nossas escolas para todos os estudantes”, explicou o secretário da Educação.

Além do tema da volta às aulas, foram abordadas as parcerias entre Estado e Municípios, como materiais didáticos, merenda e transporte escolar.

No encontro virtual, também foi anunciado um novo programa para ampliação de vagas em creches municipais. O diferencial para este ano é que as prefeituras poderão ofertar seus próprios projetos de obras para construção.

O número de vagas ofertadas dependerá das demandas dos municípios. Detalhes sobre o programa serão publicados em resolução nos próximos dias.

Na reunião online também foi anunciado investimento de R$ 80 milhões para o programa de ampliação de oferta de vagas em creches escolares – Foto: Divulgação

Instagram