Unidades do Sesc em São José dos Campos e Taubaté celebram o Mês do Meio Ambiente com programação especial do projeto “Ideias e Ações para um Novo Tempo”

Projeto promove cerca de 200 atividades sobre o tema, durante todo o mês de junho, nas 40 unidades do Sesc no estado de São Paulo. Em São José dos Campos acontece o curso de sistemas agroecológicos. Sesc Taubaté realiza feira de trocas de roupas e acessórios, além de curso sobre alternativas para o autocuidado feminino

No mês em que se celebra o Dia Mundial do Meio Ambiente (05 de junho), o Sesc São Paulo será palco de reflexões, trocas de ideias e experiências sobre temas socioambientais, por meio de uma programação especial que integra o projeto “Ideias e Ações para um Novo Tempo”, iniciativa vinculada ao programa de Educação para a Sustentabilidade, mantido pela instituição. O projeto traz cerca de 200 atividades, distribuídas entre as 40 unidades do Sesc no estado de São Paulo. Em São José dos Campos e Taubaté acontecem cursos de agricultura natural, feira de troca de roupas e acessórios, além de debate sobre empreendedorismo coletivo e exibição de filme.

O “Ideias e Ações para um Novo Tempo” é um projeto permanente, criado em 2012, com ações realizadas durante todo o ano nas unidades do Sesc no estado de São Paulo. Tem como objetivo identificar iniciativas que conciliam aspectos sociais, econômicos, ambientais e culturais nos seus modos de vida, produção e trabalho, além de compartilhar práticas, saberes e experiências socioambientais voltadas ao cuidado com o ambiente e com as pessoas, associadas ao desenvolvimento do território local. Para isso, durante todo o mês de junho, o projeto intensifica suas ações no intuito de integrar os representantes das diversas iniciativas socioambientais mapeadas, além de promover o diálogo entre o público geral e as iniciativas que transformam a realidade numa perspectiva responsável, justa, ética e sustentável.

Para Danilo Santos de Miranda, diretor do Sesc São Paulo, “As temáticas socioambientais compõem uma importante agenda, especialmente em razão da complexidade dos dilemas da vida contemporânea e de suas consequências para as sociedades atuais e vindouras.” E complementa: “Diante deste desafio, o Sesc atua na perspectiva dos processos de educação para a cidadania, valorizando o debate em torno dos direitos e deveres do cidadão, como forma de encontrar caminhos e respostas diante da complexidade destas questões.”

No Sesc São José dos Campos, acontecem cursos como “Sistemas de Produção Agroecológica com Ênfase em Agroflorestas: Teoria e Prática”, que inclui visita ao Projeto Vitrine Agroecológica no Polo Regional Vale do Paraíba, em Pindamonhangaba, com abordagem mediada dos sistemas de produção em áreas experimentais e oficina de manejo agroflorestal, nos dias 8, 11 e 12/6. Já o Sesc Taubaté promoverá a oficina “Ecologia Feminina e na Primeira Infância: Alternativas para Cuidar do Corpo e do Ambiente”, no dia 29, que compartilha métodos naturais e ecológicos, como o ecoabsorvente, o coletor menstrual e as fraldas ecológicas, livres de químicas, agrotóxicos e plásticos, ministrada por Cristina Eustáquia.

As atividades fazem parte da ação organizada e apresentada pelo projeto “Ideias e Ações para Um Novo Tempo”, vinculado ao programa de Educação para a Sustentabilidade do Sesc São Paulo. O projeto envolve todas as 40 unidades do Sesc no estado – que apresentam juntas, durante todo o mês de junho, mais de 200 atividades, com o propósito de aproximar, educar, estimular conversas, saúde, bem-estar e empreendedorismo ao mesmo tempo em que conscientiza e promove qualidade de vida.

Além da programação especial em todas as unidades, o Sesc SP apresenta a 10ª Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade – o melhor de ambos os Mundos (Best of Both Worlds), entre os dias 12 e 15, no Sesc Sorocaba, com palestras de importantes nomes do ativismo socioambiental, como o indiano Manish Jain, Antônio Nobre, Sonia Guajajara e Célio Turino; mesas de debates; apresentação de pôsteres; oficinas e intervenções culturais. A realização é em parceria com a ESALQ/USP – Laboratório de Educação e Política Ambiental (OCA) e a Universidade Federal de Alfenas.

A programação completa por unidade e detalhes sobre a conferência estão disponíveis em <http://bit.ly/2LxzaQP >.

>> SESC SÃO JOSÉ DOS CAMPOS <<

AV. DR. ADHEMAR DE BARROS, 999

TEL: (12) 3904-2000

Curso “Sistemas de Produção Agroecológica com Ênfase em Agroflorestas:

Teoria e Prática”

Inclui visita ao Projeto Vitrine Agroecológica no Polo Regional Vale do Paraíba, em Pindamonhangaba, com abordagem mediada dos sistemas de produção em áreas experimentais e oficina de manejo agroflorestal.

Com Antonio Devide.

18 anos.

Grátis.

8, 11 e 12/6. Sábado, 8h às 12h. Terça e quarta, 19h às 22h.

Inscrições na Central de Atendimento

Curso “Introdução à Agricultura Natural, Teoria e Prática da Filosofia Verde”

Técnicas de agricultura associadas à sustentabilidade, introdução teórica à

Agricultura Alternativa, com vivência no Recanto dos Ipês (Jacareí),

práticas de adubação verde, manejo de biomassa e produção de Bokashi.

Com José Felipe Cristino Junior.

18 anos.

Grátis.

18, 19 e 22/6. Terça e quarta, 19h às 22h. Sábado, 8h às 12h.

Inscrições na Central de Atendimento.

Vivência “Agroecologia, Corpo e Presença”

A partir da experiência de trabalho com catadoras de pinhão, a atividade propõe movimentos para prevenir lesões corporais e treinamento para o trabalho em áreas rurais. Inclui visita à sede da Associação Serra Acima, em Cunha.

Com Associação de Cultura e Educação Ambiental Serra Acima e Marinês

Calori.

18 anos.

Grátis.

26 a 29/6. Quarta a sexta, 19h30 às 22h. Sábado, 8h às 17h30.

Inscrições na Central de Atendimento

>> SESC TAUBATÉ <<

AV. ENG MILTON, R. ALFREDO TELES PEIXOTO, 1264

TEL: (12) 3634-4000

Exibição “Uma Gota.doc”

O documentário (Dir.: Marcio Gerba, BRA, 2016, 43’), gravado em quatro países da

América do Sul (Brasil, Argentina, Uruguai e Chile), aborda os impactos do lixo

marinho global e as possíveis soluções para esse grave problema.

Livre.

Grátis.

5/6. Quarta, 19h às 20h.

Não é necessário retirar ingressos

Bate-papo “Empreendedorismo Coletivo”

Unindo iniciativas que valorizam as relações humanas, o empreendedorismo

coletivo pode ser um novo modelo sustentável de negócios. A conversa parte das

vivências da UMA – Casa Colaborativa, de Taubaté.

Com Pamela Mello, idealizadora da UMA – Casa Colaborativa.

16 anos.

Grátis.

8/6. Sábado, 10h às 12h.

Inscrições na Central de Atendimento.

Feira de Troca de Roupas e Acessórios

A feira pretende semear valores de sustentabilidade e questionar hábitos e relações

atuais de consumo. Quem quiser, pode doar até dez peças (limpas e conservadas)

na UMA – Casa Colaborativa. Rua Marquês de Herval, 291 – Centro, Taubaté, de 3 a

6/6, das 18h às 20h, ou no Sesc Taubaté, dia 7/6, das 18h às 20h.

Com UMA – Casa Colaborativa.

14 anos.

Entrada gratuita.

8/6. Sábado, 14h às 18h.

Oficina “Composteira Doméstica”

A partir de resíduos orgânicos (cascas de frutas, borra de café, talos, etc), os

participantes farão sua própria composteira doméstica, entendendo conceitos e

tecnologias do processo de compostagem.

Com BioCiclo.

14 anos.

Ingressos de R$15 a R$50.

9/6. Domingo, 10h às 12h.

Inscrições na Central de Atendimento.

Oficina “Manejo da Floresta Comestível: Solos e Ciclagem de Nutrientes”

O solo será o tema deste encontro que parte dos princípios da agroecologia para

práticas pedagógicas. Mitos e verdades, tipos, nomenclaturas e a importância da

biomassa serão alguns dos assuntos abordados.

Com Leco, da SerrAcima, e Renato Suiní.

12 anos.

Grátis.

15 e 16/6. Sábado e domingo, 9h30 às 12h30.

Inscrições na Central de Atendimento.

Bate-papo “Ecologia Feminina e na Primeira Infância: Alternativas para Cuidar do Corpo e do Ambiente”

Alternativas naturais e ecológicas para cuidar de seu corpo e da natureza, como o

ecoabsorvente, o coletor menstrual e as fraldas ecológicas, livres de químicas,

agrotóxicos e plásticos.

Com Cristina Eustáquia, ginecologista natural, e Raquel Barbosa, pediatra.

14 anos.

Grátis.

29/6. Sábado, 10h às 12h.

Inscrições na Central de Atendimento.

Sobre o projeto Ideias e Ações Para um Novo Tempo. Desenvolvido pela instituição desde 2012, o projeto busca identificar e mapear iniciativas socioambientais que preconizam o fortalecimento e o desenvolvimento local nos territórios de atuação das Unidades do Sesc São Paulo. Saiba +: sescsp.org.br/ideiaseacoes

Sobre a 10ª. Conferência Internacional de Educação Ambiental e Sustentabilidade – O melhor de ambos os Mundos (Best of Both Worlds). Criada pela Universidade da África do Sul – UNISA em 1998, a Conferência tem como objetivo estimular o diálogo entre experiências nacionais e internacionais, contribuindo para o fortalecimento de redes baseadas em reflexões e ações que apontam alternativas para o enfrentamento de questões socioambientais. “Os mundos” em destaque no nome do evento incluem diversos países e noções de sustentabilidade e de educação ambiental; os contextos rural e urbano; continentes do Norte e do Sul; os saberes científicos e tradicionais. A realização acontece em parceria com a ESALQ/USP – Laboratório de Educação e Política Ambiental (OCA) e a Universidade Federal de Alfenas. Saiba +: sescsp.org.br/bobw2019

Sobre o Sesc São Paulo. Mantido pelos empresários do comércio de bens, turismo e serviços, o Sesc – Serviço Social do Comércio é uma entidade privada que pauta sua atuação numa política de ação social voltada à promoção do bem-estar e da qualidade de vida, destinada aos trabalhadores do comércio, serviços, bens e turismo, seu público prioritário, mas também ao conjunto da sociedade. Para a instituição, a educação e responsabilidade socioambiental são valores que permeia todos os programas, pensados e realizados numa perspectiva de transformação social. Saiba +: https://www.sescsp.org.br/pt/sobre-o-sesc/

Foto:Pixabay