Ubatuba: pesquisa revela opinião dos moradores sobre o turismo

Levantamento inédito feito em todo o Estado poderá ajudar os municípios no planejamento

Ubatuba foi um dos destaques da Pesquisa de Percepção do Turismo, feita pelo Centro de Inteligência da Economia do Turismo (CIET), da Secretaria de Turismo do Estado, entre o final de novembro e início de janeiro. Com a mobilização no município, foram preenchidos 776 formulários online. Segundo o Estado, o mínimo necessário para a pesquisa era de 190 respostas. Além de Ubatuba, outras 20 cidades atingiram essa base em um universo de 183 municípios que registraram respostas.

Ubatuba

O levantamento é dividido em três grupos de perguntas: o perfil dos participantes, a avaliação que fazem sobre o turismo na cidade e as perspectivas para os próximos anos.

Sobre o perfil, 67,28% das respostas foram de mulheres, nas faixas etárias de 30 a 39 anos (22,38%) e 25 a 29 (5,43%), 14,29% informaram ter o ensino médio, 17,83% a renda familiar entre 5 e 8 salários mínimos e 70% não trabalham diretamente com turismo.

Sobre a avaliação, 82,35% informaram que o turismo é bom para os moradores e para a cidade, inclusive economicamente e para a geração de empregos. Já nos itens que avaliam o impacto do turismo na cidade, 19,07% acreditam que a presença de visitantes não prejudica a utilização das atrações pelos moradores, 6,32% não veem impacto negativo nos recursos naturais, 69,90% não acreditam que o setor dificulte ou impacte na busca por moradia, e 34,28% acreditam que o turismo ajuda a preservar a cultura.

Com relação à expectativa para os próximos dez anos, apenas 10,59% dos moradores esperam que a cidade receba mais visitantes.

Secretário Estadual de Turismo, Vinicius Lummertz

“Os moradores são impactados diretamente pelas atividades turísticas”, lembrou o secretário Estadual de Turismo, Vinicius Lummertz. “E por isso suas opiniões são fundamentais para o desenvolvimento do setor”.

Estado — Em todo o Estado, a Pesquisa de Percepção do Turismo recebeu 11.252 formulários, preenchidos por moradores de 183 cidades – São Paulo tem 210 municípios turísticos. 

Mulheres, entre 30 e 39 anos, renda familiar acima de cinco salários-mínimos e nível superior completo. Esse foi o perfil médio dos participantes em todo o Estado. A maioria dos moradores acredita que o Turismo beneficia a economia (94,2%), gera empregos (91,2%), ajuda a preservar a cultura (85%) e contribui positivamente com a qualidade de vida dos habitantes (84,4%).

Para 21 dos 183 municípios, incluindo Ubatuba, a Secretaria entregou em fevereiro o relatório individualizado, com a opinião de seus moradores. Todas as demais receberão o relatório regional. O apoio e a participação das estruturas municipais – como conselhos de turismo, diretorias ou secretarias — foram fundamentais para o sucesso da iniciativa.

Imagem de Larissa Mora Lary por Pixabay 

Instagram