Thales marca presença no Fórum de Investimentos Brasil 2018

Líder mundial em tecnologia nos mercados Aeroespacial, Espacial, Defesa, Transporte e Segurança, a Thales participa, pela primeira vez, do Fórum de Investimentos Brasil 2018, que acontece hoje (29) e amanhã (30) no WTC, em São Paulo. Ruben Lazo, vice-presidente da companhia para a América Latina, fez parte da sessão “Parcerias estratégicas como instrumento para alavancar investimentos no setor da defesa”, ao lado de representantes do Ministério da Defesa, Boeing, Embraer Defesa, SAAB AB e Norinco Group, com moderação do jornalista William Waack.

Com abertura do presidente Michel Temer, o fórum reúne representantes governamentais e da iniciativa privada, líderes políticos, empresariais, acadêmicos e de mídia, distribuídos em diversos painéis que abordam a posição do Brasil como ator estratégico na economia global e um dos principais destinos de investimentos estrangeiros diretos. O evento destaca, também, oportunidades de investimento em setores estratégicos da economia brasileira, como infraestrutura, energia, agronegócios, construção, tecnologia e inovação.

Como fruto de um relacionamento de longo prazo com todas as forças armadas no Brasil, a Thales possui atualmente mais de 26 Produtos e Serviços de Defesa Estratégica (PED). Os resultados de mais de 100 milhões de euros investidos na última década no Brasil podem ser conferidos na inauguração: 1) do Centro de Radares, um centro de excelência para produção de radares de controle do tráfego aéreo; 2) do Centro de Tecnologia Espacial, apoiando de perto o programa do Satélite Geoestacionário de Defesa e Comunicações (SGDC); 3) do Centro de Sonares, para a manufatura e fabricação de sonares e equipamentos navais; 4) do Centro de Serviços, para manutenção, reparo e revisão de todos os radares da Thales instalados no país; e 5) do Centro de Desenvolvimento de Software para aviônicos.

Outro exemplo do compromisso da Thales com o Brasil está no acordo de parceria que a companhia assinou em 2017 com a Embraer. A parceria prevê a cooperação entre as empresas na composição de novas soluções de radar para controle de tráfego aéreo através da sinergia de portfolios para os mercados doméstico e internacional.

A Transferência de Tecnologia (ToT) também é um assunto importante para a Thales, que tem como objetivo apoiar ativamente o desenvolvimento da Indústria Espacial Brasileira. A companhia compartilha conhecimento de ponta com cinco empresas brasileiras, permitindo-lhes expandir e melhorar suas capacidades e competitividade.

Na última década a Thales e a FINEP (Financiadora de Estudos e Projetos) – programa de subsídio econômico para apoiar o desenvolvimento tecnológico – investiram mais de R$ 50 milhões em nove projetos aeroespaciais, de defesa e espaciais. Para se ter uma ideia da importância dessa parceria, os radares produzidos no Brasil e exportados, foi desenvolvido em um dos projetos fomentados pela FINEP.

“É um enorme reconhecimento para a Thales participar de um evento cujo principal objetivo é contribuir para o desenvolvimento do Brasil. Nosso compromisso com o país e com o avanço da indústria local envolve a garantia do tráfego aéreo, onde temos mais de 70% de participação de mercado dos radares instalados; a promoção da capacidade industrial; a transferência de tecnologia; e o estabelecimento de parcerias regionais para expandir a capacidade de empresas nacionais”, Ruben Lazo, vice-presidente para América Latina.

 

Sobre a Thales

A Thales alcançou € 14,9 bilhões em vendas em 2016, com 64 mil funcionários em 56 países. Focada em atender às ambições de seus clientes, a companhia contribui para tornar vidas melhores e manter pessoas seguras. Combinando diversidade de especialidades, talentos e culturas, seus colaboradores desenvolvem soluções de alta tecnologia, que tornam o futuro possível hoje. Seja no oceano ou no espaço e ciberespaço, a Thales ajuda seus clientes a buscar soluções mais inteligentes e agir de forma rápida, dominando a complexidade e os momentos decisivos ao longo do caminho.

Vice-presidente para América Latina, Ruben Lazo, participou da sessão “Parcerias estratégicas como instrumento para alavancar investimentos no setor da defesa”
Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons