Telefone fixo tem queda de 2,52% em 12 meses

O Brasil contava com 40.487.778 linhas fixas em abril de 2018. Houve uma redução de 1.045.959 (-2,52%) linhas em 12 meses, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). Em abril o mercado de telefonia fixa ficou praticamente estável, com um pequeno aumento de 6.061 (0,01%) linhas se comparado a março.
No mês de abril deste ano, as empresas autorizadas contavam com 17.160.429 linhas fixas, enquanto as concessionárias com 23.327.349. Em 12 meses, as autorizadas apresentaram um ligeiro aumento de 61.666 (+0,36%) e as concessionárias uma redução de 1.107.625 (-4,53%) linhas.
Grupos
Entre as autorizadas, a Claro liderava o mercado com 62,84% (10.784.188 de linhas) de participação; seguida pela Telefônica, que detinha 27,91% (4.789.249); e a TIM com 4,35% (745,913).
A divisão de mercado entre as empresas concessionárias foi: Oi com 55,71% (12.995.183); a Telefônica com 40,33% (9.408.521 ).
Estados
Na variação entre abril e março deste ano, o estado do Rio de Janeiro foi que apresentou maior redução de linhas fixas 27.873 (-1,36%). Em Minas Gerais a queda foi de 4.447 (-0,31%). No entanto alguns estados apresentaram aumento, como Rio Grande do Sul com, 7.831 (+0,63%) e Paraná com mais 7.421 (+0,46%).
A Anatel também disponibilizou os dados da telefonia fixa de março de 2018 por estado no Portal online.

Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons