Suzano é eleita Empresa do Ano do setor de Papel e Celulose no anuário Melhores da Dinheiro

A Suzano foi eleita a Empresa do Ano do setor de Papel e Celulose na 16ª edição do anuário Melhores da Dinheiro, da revista IstoÉ Dinheiro. A companhia também apareceu na 2ª posição do ranking Super 20, que elege as empresas que mais se destacaram no ano de 2018, foi vencedora em práticas de Recursos Humanos e, entre as empresas do setor, destacou-se ainda na categoria Governança Corporativa.

O anuário Melhores da Dinheiro é um dos maiores rankings empresariais do Brasil e elege, a partir da análise dos dados de cada empresa participante, os destaques em 22 setores industriais analisados. As companhias são avaliadas de acordo com cinco critérios de gestão: Sustentabilidade Financeira, Recursos Humanos, Inovação e Qualidade, Responsabilidade Social e Governança Corporativa.

 “É uma grande honra para a Suzano fazer parte deste seleto grupo de empresas que, a partir de suas práticas, estão dispostas a ajudar a transformar o Brasil em um país que proporcione melhor qualidade de vida e mais oportunidades para as pessoas”, afirma Christian Orglmeister, Diretor Executivo de Gente, Comunicação, TI, Digital e Estratégia da Suzano.

IstoÉ Dinheiro

A cerimônia de premiação organização pela IstoÉ Dinheiro ocorreu na noite de segunda-feira (30), em São Paulo (SP).

Suzano

A Suzano, empresa resultante da fusão entre a Suzano Papel e Celulose e a Fibria, tem o compromisso de ser referência global no uso sustentável de recursos naturais. Líder mundial na fabricação de celulose de eucalipto e uma das maiores fabricantes de papéis da América Latina, a companhia exporta para mais de 80 países e, a partir de seus produtos, está presente na vida de mais de 2 bilhões de pessoas. Com operações de dez fábricas, além da joint operation Veracel, possui capacidade instalada de 10,9 milhões de toneladas de celulose de mercado e 1,4 milhão de toneladas de papéis por ano. A Suzano tem mais de 35 mil colaboradores diretos e indiretos e investe há mais de 90 anos em soluções inovadoras a partir do plantio de eucalipto, as quais permitam a substituição de matérias-primas de origem fóssil por fontes de origem renovável. A companhia possui os mais elevados níveis de Governança Corporativa da B3, no Brasil, e da New York Stock Exchange (NYSE), nos Estados Unidos, mercados onde suas ações são negociadas.