Solenidade de Formatura do Proerd 2018 no Sesi São José dos Campos

Na manhã desta quinta-feira(29/11) no Sesi São José dos Campos, houve a Solenidade de Formatura do Proerd…..O Programa Educacional de Resistência às Drogas e à violência – Proerd consiste em um esforço cooperativo estabelecido entre a Polícia Militar, a Escola e a Família.

Tem por objetivo de capacitar jovens estudantes de informações e habilidades necessárias para viver de maneira saudável, sem drogas e violência.

Na formatura esteve presente o vereador professor  Calasans  Camargo do PRP e a deputada estadual pelo PSL eleita Letícia Aguiar e convidados.

A deputada Letícia Aguiar parabenizou o programa Proerd veja abaixo:

Com imensa satisfação e #honra estive ao lado do meu coordenador Anderson Senna, na Formatura do #Proerd das escolas públicas e particulares da Zona Sul de São José dos Campos.

O Programa PROERD é da nossa gloriosa Polícia Militar, é um Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência.

Parabenizo os instrutores do Proerd Cabo Queiroz, Cabo Fábio e Soldado Héber pelo brilhante e dedicado trabalho.
Meus cumprimentos ao Comandante da Zona Sul de nossa cidade pelo trabalho e comprometimento com essa grande causa.

Parabéns aos professores e alunos pela linda formatura!

Na oportunidade tive a alegria de receber o carinho de eleitores lá se encontravam!
Estamos juntos nessa missão de reconstrução do nosso amado #Brasil

Polícia Militar orgulho em pertencer!

#AmigosDaPolicia #NovaGeraçao #JuventudeSadia #DrogasNão

 

A equipe PROERD da Zona Sul de São José dos Campos (2ª Cia de PM do 46º BPM/I) é composta por (3) três policiais militares; Cabo Queiroz, Cabo Fábio e Soldado Heber. A equipe trabalha com um planejamento anual, no qual as escolas são divididas por subsetores da Zona Sul.

No ano de 2018 foram atendidos 3.100 alunos matriculados em 40 escolas estaduais, municipais e particulares. 

Nesta formatura do dia 29 a solenidade contará coma presença de 200 alunos.

Os policiais militares foram capacitados pelo Departamento de Polícia Comunitária e Direitos Humanos da PMESP com sede na Capital.

OBJETIVO

O objetivo do Programa é prevenir o uso e abuso de drogas, através da orientação e conscientização dos efeitos provocados pela dependência de substâncias químicas, sejam elas lícitas ou ilícitas.

O PROERD desenvolve um conjunto de ações preventivas contra as drogas e a violência, apoiando iniciativas com a família, estudantes e professores, sendo aplicado aos alunos de forma dinâmica e divertida, além de oferecer várias  atividades interativas, participação de grupos e aprendizado cooperativo, que foram projetados para estimularem os estudantes a resolverem os principais problemas na sua vida, como autoconhecimento e autogerenciamento, tomada de decisão segura, responsável e saudável, compreensão dos outros (alteridade), habilidades de comunicação e relacionamento interpessoal e habilidade de lidar com desafios e responsabilidades.
O intuito é encorajar as crianças, em idade escolar, a ampliar suas alternativas positivas para evitarem o uso de drogas e a prática da violência.
Oferece ainda estratégias para desenvolvimento da competência social, noções de cidadania, habilidades de comunicação, autoestima, tomada de decisões, resolução de conflitos e objetivo de vida.
Materiais utilizados e como são obtidos e disponibilizados ao público-alvo
Os materiais utilizados pelo policial Proerd na aplicação das aulas são fornecidos pela Diretoria de Polícia Comunitária e de Direitos Humanos (DPCDH), e consistem em livros do estudante e álbum seriado que conduzem o aluno de forma positiva e com a clareza necessária.
Existem materiais específicos para cada faixa etária, assim como para os pais e instrutores, visando uma abordagem atualizada sobre o problema das drogas e da violência.
São 10 lições, de 45 (quarenta e cinco) a 60 (sessenta) minutos, a serem ministradas, obrigatoriamente, pelo Policial Militar fardado, nas Escolas Estaduais, Municipais e Particulares, nos 5º e 7º anos do Ensino Fundamental, sendo cada aula aplicada 01 (uma) vez por semana, durante o trimestre letivo.
Propícia um desenvolvimento pessoal do aluno abordando aspectos da vida como um todo, enaltecendo e reforçando as posturas adequadas, possibilitando o aluno interagir em seu grupo de forma crítica, criativa e dinâmica.

PÚBLICO ALVO

Os alunos das escolas públicas e particulares, matriculados desde a Educação Infantil e aos Primeiros Anos, 5º ano e 7º ano do Ensino Fundamental.

Resultado da pesquisa dos níveis de satisfação, realizado pela USP
O Proerd é percebido POSITIVAMENTE pelos pais e o corpo docente das escolas onde é aplicado, pois :

  • É considerado um programa capaz de informar e esclarecer às crianças sobre drogas e violência;
    É um aliado dos pais, na medida em que abre margem para os temas serem discutidos em casa;
    • Reforça a orientação e o esclarecimento que os pais fornecem aos filhos;
    • Transmite conhecimento para as crianças que não recebem nenhum tipo de orientação em casa.
    • É um aliado dos professores, uma vez que o programa provoca mudanças no comportamento da criança;
    • Faz com que a criança compreenda e respeite as diferenças sociais, raciais, etc.
    • Mostra a criança conceitos de cidadania;
    • Fortalece a autoestima.

BREVE HISTÓRICO DO PROERD

Desde 1983, o programa D.A.R.E./PROERD tem liderado as ações de prevenção ao abuso de drogas, através dos esforços colaborativos entre a Polícia Militar, o sistema de educação e as teorias científicas sobre prevenção são certamente o diferencial desse programa.

Na década de 1990 a Polícia Militar do Estado de São Paulo sensibilizada pelo crescente crime de tráfico de drogas e com os crimes decorrentes de uso, associada ao clamor de pais e familiares que buscavam soluções imediatas para parentes dependentes químicos quando da intervenção policial, fez com que a Instituição direcionasse parte de seu efetivo para a prevenção primária ao uso de drogas, assim o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência – PROERD, teve sua implantação em 1993 com a primeira turma de instrutores formados na Academia de Polícia Militar do Barro Branco (APMBB), contando com a participação de mentores da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro (PMERJ), sob a supervisão e atualização do Tenente Steave Kayser, de Los Angeles Police Departament – LAPD.
Em 1997, o PROERD foi estendido para a Polícia Militar, sendo criado, no ano seguinte, o Centro de Treinamento do Programa, desenvolvendo cursos para o estado de São Paulo e mais de 18 estados brasileiros e o Distrito Federal.
Em 2002 se tornou um programa institucional em todas as Policiais Militares do Brasil, sendo que São Paulo atuou na expansão desse programa em todos os estados brasileiros, incluindo o RJ, que teve o PROERD extinto por um período.

RECONHECIMENTO

Anualmente, no dia 19 de maio, comemora-se o “Dia Estadual do PROERD” instituído pela Lei Nº 12.901, de 8 de Abril de 2008

Fotos:Rodolfo Moreira