Senai anuncia investimento de R$ 1,4 mi em Industria 4.0

Cerca de 200 empresários participaram nesta quinta-feira (5) do seminário “Senai e Assecre rumo à Indústria 4.0”. O evento teve como foco a necessidade dos empresários locais se preparem para os desafios da chamada Indústrias 4.0, considerada a Quarta Revolução Industrial.

Senai

Durante o evento, a direção do Senai anunciou investimento de R$ 1,4 milhão para implantação de dois novos espaços voltados para desenvolvimento de processos visando a Indústria 4.0. Metade do investimento será aplicado em espaço cedido no Parque Tecnológico e a outra parte, para um novo Instituto Senai de Inovação, com foco na transformação digital de empresas do Vale do Paraíba.

Assecre

O seminário foi realizado por meio de uma parceria entre a Assecre (Associação dos Empresários do Chácaras Reunidas) e o Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), com apoio da Prefeitura.

Ampliação

Ricardo Campos, do setor de Inovação e Tecnologia do Senai, foi um dos palestrantes e discorreu sobre os programas que a instituição já tem realizado em torno da Indústria 4.0.

Ele citou, como exemplo, as atribuições do Instituto Senai de Tecnologia, que já realiza várias iniciativas voltadas para a Indústria 4.0 nas unidades de São Caetano do Sul e Campinas. E, em breve em São José dos Campos.

Ele enfatizou que, atualmente, em outros grandes centros industriais como São José dos Campos, o atendimento nesta área está sendo realizado por meio da Escola Móvel – Indústria 4.0, uma carreta rodoviária, equipada para desenvolvimento da evolução da automação.

Nova revolução industrial

O termo Indústria 4.0 tem ganhado cada vez mais força. Também conhecida como a Quarta Revolução Industrial, tem como objetivo principal impulsionar a manufatura digital, promovendo a conexão entre produtos, cadeias de valor e modelos de negócio.

Foi na edição de 2011 durante a famosa feira de tecnologia que acontece todos os anos, de Hannover, na Alemanha, que teve origem o conceito sobre a indústria 4.0.

Indústria 4.0



Segundo os especialistas da área, a Indústria 4.0 vai mexer com processos contínuos na logística e nas cadeias de suprimentos (Logística 4.0), na indústria química, na energia, no transporte, em setores como óleo e gás, mineração e metalurgia, além de outras indústrias como recursos naturais, saúde, fármacos e até mesmo cidades inteligentes.

Empresários, representantes do Senai e da Prefeitura discutiram a necessidade da cidade ingressar de vez no sistema de Indústria 4.0 – Foto: Charles de Moura/PMSJC