São José vence Corinthians em pleno Ginásio Wlamir Marques, dá “troco” pela final da Liga Ouro e mantém vivas as chances de ir à Copa Super 8

O São José Basketball está vivo na briga por um lugar na Copa Super 8. Na noite desta quarta-feira, a equipe joseense venceu o Corinthians em pleno Ginásio Wlamir Marques, por 82 a 74, e manteve vivas as chances de terminar o primeiro turno entre os oito primeiros colocados.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios de INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.

O troco? A vitória desta quarta-feira certamente teve um gostinho especial para o São José. Isso porque a equipe foi derrotada pelo Corinthians na decisão da Liga Ouro 2018, por 3 a 1 na série melhor de cinco. Agora, o ‘troco’ foi aplicado em grande estilo no NBB CAIXA e justo na casa do adversário.

Põe na conta: Com o resultado, o São José somou sua terceira vitória em 11 partidas na atual temporada do NBB CAIXA e subiu para a 11ª colocação, com campanha idêntica à de Basquete Cearense (12º) e Sendi/Bauru Basket (13º). Já o Corinthians permaneceu em décimo, com quatro triunfos em 11 jogos.

+Tabela de classificação completa do NBB CAIXA 2018/2019

Você disse Super 8? O São José permaneceu vivo na briga pelo Super 8. Para isso acontecer, a equipe do técnico Paulo Cezar Jaú precisa vencer seus dois próximos jogos, contra Joinville e Brasília, e torcer para o Joinville (8º) perder seus outros três compromissos do primeiro turno (contra Mogi, Paulistano e Franca) e também para Corinthians (10º) e Vasco (9º) perderem pelo menos um de seus últimos duelos.

 

É duelo direto: Último time dentro do G-8, o oitavo Joinville será o próximo adversário do São José Basketball. O duelo será neste sábado (08/12), no Ginásio Lineu de Moura, às 18 horas. No mesmo dia, mais cedo, às 14 horas, o Corinthians medirá forças com o Mogi das Cruzes/Helbor, que luta pelo mando de quadra nas quartas do Super 8, às 14 horas, no Ginásio Hugo Ramos, com transmissão ao vivo da Band.

Todos juntos: Para sair de quadra vencedor, o São José contou com ótimas aparições de sua dupla de pivôs Douglas Nunes (16 pontos e 10 rebotes) e Mineiro (11 pontos e 13 rebotes), ambos com duplos-duplos. Já os alas Pedro, com 16 pontos, e Márcio Dornelles, com 14, também se sobressaíram.

Dois recordes: A partida também foi marcada por dois recordes. Pelo lado do São José, o armador argentino Fabian Sahdi distribuiu 13 assistências e igualou a maior marca do fundamento na temporada, que pertence a Jamaal (Botafogo) contra Mogi. Enquanto isso, o ala/pivô Teichmann, do Corinthians, apanhou incríveis 19 rebotes e não só bateu o recorde deste NBB CAIXA como também igualou a quarta maior marca da história da competição.

Bem que tentaram: Além dos 19 rebotes, Teichmann ainda anotou oito pontos e seis assistências, números que fizeram dele o atleta mais eficiente da partida, com 27 de valorização. Quem também apareceu bem no Timão foi o ala/armador Kyle “Zoom” Fuller, cestinha do duelo, com 27 pontos.

Primeiro tempo alternado: O primeiro tempo de Corinthians x São José foi bastante acirrado. Nenhuma das equipes conseguiu consolidar uma vantagem, e o duelo teve nada menos que oito alternâncias de liderança no placar. Mas, no finalzinho, Kyle Fuller fez cinco pontos seguidos e deixou o Timão em vantagem antes da ida aos vestiários: 33 a 31.

Que virada: Já na volta do intervalo, o Timão tomou as rédeas da partida e chegou a ficar nove pontos na frente no terceiro período. Porém, no último quarto, o São José reagiu e, com vitória por 31 a 22 na parcial, virou a partida e saiu de quadra com uma expressiva vitória na luta por posições no NBB CAIXA.

Por Liga Nacional de Basquete

Fotos: Arthur Marega Filho/São José Basketball

Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons