São José tem melhor saldo de empregos em maio desde 2011

Dados divulgados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho e Emprego, revelaram que São José dos Campos voltou a liderar o ranking regional no saldo de geração de empregos. A cidade também ficou a frente de Sorocaba, Campinas, Guarulhos, Campinas, entre outras. De acordo com o Caged, São José registrou o melhor mês de maio desde 2011, com saldo de empregos de 505 novos postos de trabalho, o que não ocorria desde maio de 2011.

Os dados oficiais indicam também que, pelo terceiro mês consecutivo, a cidade registrou saldo positivo na geração de empregos, com carteira assinada. Para o Caged, o saldo mensal de emprego por município é o resultado da diferença de admissões e demissões.

Recorde em maio

De acordo com o Caged, o setor de serviços foi o que mais contratou com 558 postos, em seguida, o comércio com 88 e  a indústria, 10. Ao contrário de outros meses, a construção civil teve resultado negativo do saldo de empregos (-116).

Ranking

Entre as cidades de maior potencial econômico no Estado de São Paulo, São José dos Campos ficou atrás somente da capital, por pequena diferença, e de São Bernardo do Campo.

No âmbito geral, São José dos Campos teve um crescimento de 3,95% no nível do saldo de emprego em maio em relação a abril passado. Em termos comparativos, no mesmo período, o Estado de São Paulo teve crescimento de 0,1% e o Brasil 0,3%, conforme os dados oficiais do Caged.

Empregabilidade

Para os técnicos da Secretaria de Inovação e Desenvolvimento Econômico, os resultados refletem uma série de ações que a Prefeitura tem implementado para melhoria da empregabilidade, capacitando trabalhadores para as novas vagas que estão surgindo no mercado, por conta da recuperação da economia, mesmo que ainda discreta.

Entre essas ações estão a recente lei aprovada de incentivo à logística, que concede benefícios fiscais para novas empresas e também às já existentes, com a consequente geração de empregos.

A Prefeitura também tem realizado eventos para capacitação de mão de obra e oferecimento de vagas de emprego. Como exemplo estão a Feira do Empreendedorismo e Trabalho, que ofertou cerca de 300 vagas de emprego; e a Logvale, no setor de logística. Como incremento dessas medidas, a Prefeitura lançou o Programa Pró-Trabalho, de mão de obra temporária.

Na área de capacitação, a Prefeitura continua investindo em cursos do Programa Qualifica São José com novas parcerias para cursos gratuitos com o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e o Senai (Serviço Nacional da Indústria)

O objetivo é proporcionar aos munícipes, que estejam em situação de desemprego e vulnerabilidade, a chance de recolocação e qualificação para sua reintegração no mercado de trabalho.

Foto: Claudio Vieira/PMSJC
Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons