São José perde para o Magnus pela Liga Nacional

Pela 6ª rodada da Liga Nacional, o São José Futsal recebeu o Magnus e perdeu, por 4×2, em jogo de muita movimentação e disputa pela posse de bola. O próximo compromisso joseense é fora de casa, novamente pela LNF, dessa vez contra o Joaçaba no Domingo, 02.

O jogo

O time da casa começou tomando as iniciativas na partida, levando mais perigo ao gol com uma pressão constante em sua quadra ofensiva. O Magnus se segurou como pôde e logo equilibrou sua defesa, deixando a partida mais igual.

Agora a disputa era grande pela posse de bola e o São José pressionava a todo momento pela posse. No entanto, em contra ataque, Eder Lima levou pela ala e chutou na saída do goleiro Daniel, abrindo o marcador no ginásio do Tênis Clube.

Faltando 8 minutos, veio o segundo do Magnus. No rebote, Leo pegou de primeira para fazer o gol. Sem deixar o ritmo cair, o São José usou mais seus alas para tentar escapar da forte marcação adversária e subiu sua marcação. Assim ash chances apareceram: em duas roubadas de bola, Romada e Vitinho, estreante da noite, tiveram chutes defendidos pelo goleiro. Toda essa pressão deu certo: Fabrício levou a bola para a linha de fundo, se livrou do marcador e tocou para o meio da área onde Gê desviou para fazer o seu e diminuir o placar antes do intervalo.

Etapa Complementar

O São José manteve o ritmo que terminou a primeira etapa, subindo sua marcação para tentar abafar a saída de bola adversária. Assim a primeira metade do segundo tempo foi recheada de oportunidades do time da casa. Romada, Gê e Gustavinho tiveram bons arremates para tentar empatar a partida. Daniel, no gol, ia fazendo um bom trabalho para manter os joseenses no jogo.

Precisando correr atrás do resultado o São Jose acelerava seu jogo para tentar achar as brechas na defesa da equipe de Sorocaba. No entanto foi exatamente os visitantes que chegaram ao gol. Após um bate e rebate na área, a bola sobrou para Danilo Baron só empurrar para dentro do gol.

Mantendo sua marcação pressão e suas saídas rápidas de bola, o São José foi pra cima e criava muitas oportunidades quando achava um espaço na marcação do Magnus. Banana aos 13min e, depois, aos 15min, teve bons chutes defendidos quando subiu pela ala e em contra ataque.

No fim, Gustavinho entrou como goleiro linha. O São José tentava entrar tocando a bola com rapidez. A Magnus ia marcando bem, mas mesmo assim o time da casa encontrou algumas brechas: Gê chutou pela ala, para a defesa do goleiro. Na segunda oportunidade, ele fez. O ala dominou de frente e acertou para fazer o segundo. Danilo Baron respondeu, deixando o placar em 4×2. Fim de jogo no Tênis Clube.

Foto: Fernanda Pasqualetto