São José fecha 1º bimestre do ano com saldo positivo de emprego

O Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, divulgou nesta segunda-feira (25), os resultados oficiais do nível de emprego registrado em fevereiro. Os dados indicaram que São José dos Campos obteve saldo positivo de 91 vagas de emprego, superior ao resultado de fevereiro do ano passado, que foi de (-) 151 vagas.

Nos primeiros dois meses deste ano, o Caged apontou saldo de emprego de 238 vagas, em São José dos Campos. No mesmo período do ano passado, o saldo foi de (-) 147.

O setor de serviços continua puxando a elevação dos níveis de emprego, com saldo de 397 vagas em fevereiro. Os demais setores como indústria, construção civil e comércio tiveram discreta recuperação de vagas.

O saldo mensal de emprego por município, apurado pelo Caged, é o resultado da diferença de admissões e demissões, de pessoas com carteira assinada.

Mais contratações

Para o relatório de março do Caged, a expectativa é que os dados sejam ainda melhores, já que deverão estar computadas as recentes contratações de cerca de 500 trabalhadores para o setor supermercadista, alimentício e de logística.

Em 2018, os números do Caged revelaram que São José dos Campos obteve saldo positivo de 712 vagas. O resultado de 2018 foi o melhor desde 2014. O nível de emprego negativo na cidade já chegou a (-) 10.062, em 2015.

Também em 2018, o setor de serviços foi o que mais gerou vagas na cidade com carteira assinada, seguido da indústria, construção civil e o comércio. No segundo semestre do ano passado, com os primeiros sinais de recuperação da economia, a cidade já tinha obtido saldo positivo na geração de emprego por cinco meses consecutivos.

A melhoria dos níveis de empregabilidade em São José dos Campos é avaliada em decorrência da retomada da economia com os setores empresariais que voltaram a fazer investimentos na cidade, além da consequente geração de emprego e renda.

Colaboraram também para esses resultados o incentivo à abertura de novas empresas de startups e a maior agilidade para a abertura de novas empresas por parte da Sala do Empreendedor. Isto, além da proximidade dos técnicos da Prefeitura no apoio às médias e grandes empresas para projetos de expansão, que deverão resultar em novos empregos em breve.

Qualificação

A Prefeitura tem investido em cursos de qualificação por meio do Programa Qualifica São José. Somente no ano passado 12.550 alunos concluíram cerca de 250 cursos diversos de qualificação profissional.

Também foi implementado, pela Prefeitura, o programa Pró-Trabalho, de reinserção profissional. Até agora já foram beneficiadas 930 pessoas.

O setor de serviços, como o de logística, continua puxando o aumento das contratações nos últimos meses, – Foto: Charles de Moura/PMSJC