São José é líder em segurança entre as 10 maiores cidades de SP

Com o programa São José Unida e a ampliação dos investimentos e ações da Prefeitura, São José dos Campos está em primeiro lugar no ranking das 10 maiores cidades do Estado de São Paulo no grau de satisfação da população com a segurança, de acordo com pesquisa do Indsat (Indicadores de Satisfação dos Serviços Públicos), realizada no 3º trimestre de 2019.

O serviço tem 67% de aprovação contra 56% na pesquisa feita no último trimestre de 2016, antes da implantação do São José Unida. Também na comparação com aquele levantamento, o índice de bom e ótimo subiu de 19 para 31%.

As pesquisas do Indsat são realizadas a cada trimestre. O grau de satisfação é definido por meio de pontuação a partir de avaliação feita pelos próprios moradores pesquisados. Foram ouvidos 600 munícipes.

São José também conquistou a liderança na área de segurança nos levantamentos do primeiro e do segundo trimestres deste ano.

Com os investimentos, ações, programas e projetos da atual Administração, a cidade é a primeira colocada nos serviços de limpeza pública, coleta de lixo, merenda escolar, administração pública, educação pública, saúde pública, transporte público, abastecimento de água, iluminação pública, cultura, qualidade do asfalto, qualidade de vida e trânsito.

Satisfação

Moradores de São José consultados destacaram as melhorias na segurança pública.

“A segurança em São José realmente tem melhorado bastante. A Prefeitura e as forças de segurança estão de parabéns pelos investimentos e ações”, disse o carreteiro Edson Francisco de Oliveira, que tem 35 anos e mora no Monte Castelo, na região central.

“Hoje me sinto muito mais seguro ao andar pelas ruas de São José. Temos visto o trabalho da Prefeitura e a diferença que tem feito ações como a implantação das lâmpadas de LED”, afirmou o porteiro Osvaldo Gomes da Silva, que tem 50 anos e reside na Vila Industrial, na zona leste.

São José Unida

A liderança na pesquisa Indsat comprova as melhorias em segurança implementadas pela atual Administração com o programa São José Unida, que foi criado em 2017 e reúne todas as forças de segurança.

Com as ações adotadas em conjunto com a Polícia, os índices de criminalidade têm despencado progressivamente.

Em 2019, estão sendo registradas as menores taxas de homicídios, roubos, assaltos e furtos somados e roubos de veículos em comparação aos mesmos períodos dos últimos 18 anos, considerando os dados divulgados pela Secretaria de Estado da Segurança Pública desde o início da série histórica, em 2002.

As quedas mais expressivas nos índices se referem a 2016, antes da implantação do São José Unida.

O programa é liderado pela Prefeitura e conta com a participação da Guarda Civil Municipal, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Estadual, Detran-SP, Polícia Ambiental, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil e Polícia Técnico-Científica.

Melhor Guarda do Estado

A Guarda Civil Municipal de São José também manteve o primeiro lugar entre as corporações das 10 maiores cidades do Estado de São Paulo na pesquisa Indsat do 3º trimestre de 2019. É o quarto levantamento consecutivo na liderança.

A GCM local registrou 633 pontos e 80% de aprovação da população. É o quarto levantamento consecutivo na liderança.

No atual Governo, a Guarda Civil Municipal tem passado por um processo acelerado de recuperação e melhoria de sua infraestrutura.

Foram incorporados 70 novos agentes neste ano, sendo que outros 30 já foram convocados e se apresentarão no próximo dia 14. A corporação conta atualmente com efetivo de 327 homens e mulheres.

Também foram adquiridos novos fardamentos, armas, coletes à prova de balas, veículos, motos e tablets para melhoria do serviço prestado à população.

Vanguarda em tecnologia, São José inovou mais uma vez, já que a GCM é a primeira do Ocidente a ter veículos 100% elétricos, sendo superada no mundo apenas pela China. Em apenas um ano, o novo modelo gerou economia de R$ 850 mil aos cofres públicos.

A implantação do novo sistema foi recompensada com a conquista do Prêmio Empresa Inovadora Destaque 2019, concedido no mês passado durante o Innovation Brazil Forum Leaders. A Prefeitura de São José foi a única instituição pública do país entre os 22 premiados.

Investimentos em segurança

Monitoramento por câmeras

• Um avanço significativo na segurança será no monitoramento, o que contribuirá ainda mais para a queda dos índices de criminalidade em São José

• Já está sendo realizada a concorrência para o projeto de solução de Cidade Inteligente (SCaaS – Smart City as a Service), com 1.000 câmeras de monitoramento por toda a cidade, interligação semafórica, antenas de wi-fi com internet gratuita à população e a criação de um CSI (Centro de Segurança Integrada)

• Onze concorrentes participaram do certame. Foram oito consórcios — que reúnem mais de 20 empresas — além de três empresas individuais

• A previsão é de que os novos serviços sejam implantados no prazo máximo de 9 meses após a contratação

• O novo projeto representa um avanço no apoio à segurança pública e propiciará mais conectividade para melhorar a vida das pessoas

• As novas câmeras irão produzir imagens em full HD, sendo algumas delas com visão geral panorâmica

• Atualmente, a cidade possui 493 câmeras de vigilância, que serão substituídas pelas novas câmeras e permitirão que o sistema de monitoramento chegue aos extremos da cidade e a bairros distantes da região central

• As imagens contemplarão o serviço de inteligência que possibilitará ainda o reconhecimento facial e leitura de placas de veículos. As imagens serão salvas com data, hora e local, possibilitando registrar ocorrências em tempo real

• A ferramenta também permite detectar estacionamento ilegal e observar a concentração de pessoas dentro de um grande evento para melhor planejar a segurança de todos.

Portais de Segurança

• Entre os principais fatores para a queda nos índices de homicídios e roubos de veículos e melhoria da segurança em São José estão a implantação dos Portais de Segurança

• No primeiro semestre de 2016, a cidade possuía 80 radares. No mesmo período deste ano, são 178. Em 2016, eram 2 radares para cada 10 mil veículos. Em 2019, 4,1 equipamentos para cada 10 mil veículos, um aumento de 107%

• Os equipamentos possuem a tecnologia OCR (Reconhecimento Óptico de Caracteres, na tradução literal), que permite a identificação, por exemplo, de veículos furtados ou roubados por meio da leitura das placas, que registram cerca de 1 milhão de imagens por dia

• Os dados são acompanhados em tempo real pela Polícia Militar, Polícia Civil e a Guarda Civil Municipal, com apoio do COI (Centro de Operações Integradas), o que tem contribuído para agilizar a localização de veículos roubados e furtados e a prisão dos ladrões e assaltantes

• A escolha dos locais para a implantação dos equipamentos foi orientada pelas forças de segurança com o objetivo de reduzir os acidentes de trânsito e a criminalidade, melhorando a segurança pública, a segurança viária e a qualidade de vida dos cidadãos

Iluminação de LED

• A Prefeitura está investindo R$ 32 milhões no Projeto Iluminar, que vai atingir toda a iluminação pública urbana do município. A previsão é de substituir em torno de 56 mil luminárias por lâmpadas de LED até o final de 2020

• Apenas neste ano, já foram substituídas 30 mil lâmpadas.  Já são 111 bairros inteiros com a nova iluminação, que tem o objetivo de reforçar a segurança pública em todas as regiões da cidade

• Além de reduzir gastos do município com o consumo de energia, a implantação de lâmpadas de LED contribui para a segurança dos moradores em razão da melhoria da iluminação das ruas, já que são mais modernas, potentes e econômicas

Atividade Delegada

• Retornou a São José em setembro de 2017, graças a convênio firmado entre a Prefeitura e a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo através da lei 9507/17. Além do centro comercial, 40 bairros de todas as regiões já foram atendidos neste período

• A Prefeitura já investiu R$ 4,1 milhões no programa, sendo R$ 1,5 milhão apenas no primeiro semestre deste ano

• Atualmente, uma média de 40 policiais militares trabalham diariamente, em horário de folga, fardados e equipados, em operações programadas para áreas previamente definidas em plano de trabalho elaborado pela Polícia Militar em conjunto com a Prefeitura. Os patrulhamentos são realizados a pé, com viaturas e com motos