Proposta permite novos transportes individuais elétricos nas ciclovias e prevê compartilhamento

Um projeto de lei (PL 501/18) protocolado pelo vereador Cyborg (PV) propõe alterar a lei 7.732/2008, que dispõe sobre o sistema cicloviário, para permitir, além da circulação de bicicletas e patinetes, também scooters/patinetes elétricos, “hover board”, monociclos e outros similares elétricos, desde que respeite o uso de capacete e a velocidade compatível com a segurança no local.

O projeto acrescenta ainda um parágrafo ao texto da lei prevendo que o uso compartilhado desses veículos se dará por meio de sistema previamente autorizado e implementado pela prefeitura, a exemplo das bicicletas.

Segundo o autor, o patinete elétrico é um meio de transporte “silencioso, sustentável, ágil e barato, presente em diversas cidades do mundo, como São Francisco, Los Angeles, Pequim, Moscou e Paris”. Em São Paulo três startupsoferecem o serviço em operação experimental.

CMSJC

O “hover board” é um dos modelos de transporte individual elétrico mencionados no projeto. (Foto: Flávio Pereira/CMSJC)