PROGRAMA SELECIONA STARTUPS BRASILEIRAS PARA IMERSÃO NOS EUA

Desenvolvida com o objetivo de contribuir de forma decisiva para a internacionalização de startups brasileiras, a imersão Startup Dive USA está com inscrições abertas. Cinco startups serão selecionadas para o programa, que será realizado entre janeiro e abril de 2020, em New Haven, nos EUA.

Startup Dive USA

Promovido pelo Hub55, o Startup Dive USA proporciona uma programação intensa de imersão na cultura de negócios norte-americana. São oferecidos workshops com especialistas, sessões de coaching, simulações de propostas de venda e vários eventos com a comunidade empresarial local, que oferecem importantes oportunidades de troca de informações e networking. O programa é estruturado de forma que as empresas sejam expostas a potenciais parceiros de negócios, órgãos de governo e instituições, ao mesmo tempo em que se disseminam as características específicas do “american way” de se fazer negócios – que vai desde a forma mais adequada de apresentar informações sobre a empresas, desenvolver planos de negócios, mapear a concorrência e, principalmente, mostrar de forma clara e objetiva qual é o diferencial da solução.

O Programa é destinado a startups inovadoras, de base tecnológica, com capacidade de resolver problemas reais e que desejam atuar no mercado norte-americano, seja para obter exposição a mercado mais maduro a fim de gerar estruturação de processos mais enxutos e eficientes, buscar funding para crescimento ou, claro, conquistar clientes internacionais. Participou da edição de 2019, a IMedical, startup que nasceu no Nexus – hub de inovação e hoje é residente do Parque Tecnológico.

Mais informações sobre o programa neste link.

Hub55

Sobre o Hub55

O Hub55 é uma plataforma de internacionalização com sede nos Estados Unidos, presente também Amsterdam, na Holanda, e São José dos Campos. Desde 2018, São José  tem  escritório do Hub55, para que seus associados estrangeiros possam usar o ambiente do Parque Tecnológico como um espaço compartilhado. A ideia é atrair e facilitar o estabelecimento de empresas estrangeiras no Brasil, especialmente as do setor aeroespacial.

Além de empresas que atuam na área de tecnologia, integram o Hub a própria Universidade de Yale, players dos setores aeroespacial, de equipamentos médico-hospitalares, marketing digital, entre outros segmentos. 

Fonte: Parque Tecnológico de São José dos Campos