Professor cria ferramentas didáticas para facilitar internacionalização e inclusão de deficientes auditivos em sala de aula

O professor e pesquisador da Univap – Universidade do Vale do Paraíba, em São José dos Campos/SP, Prof. Dr. Sergio Pilling, desenvolveu uma ferramenta didática que permiti uma melhor adaptação de alunos estrangeiros e de alunos com deficiência auditiva em sala de aula. Utilizando uma linguagem de programação, conhecida como Python e, técnicas de inteligência artificial e de processamento em paralelo, o professor desenvolveu um programa que gera textos em tempo real a partir de uma entrada de voz (ex. microfone) e projetá-los diretamente na lousa, na tela de um computador pessoal do aluno ou de um dispositivo mobile. Essa ferramenta permite que alunos com deficiência auditiva possam ter acesso ao conteúdo didático falado em sala de aula pelo professor e, com isso, ter seu processo de aprendizado mais eficiente aumentando seu processo de inclusão.

Um outro módulo da ferramenta, permite além de converter a voz do professor para o texto em português, traduzir o conteúdo para outros idiomas em tempo real (incluindo, inglês, espanhol, francês, alemão entre outros). Esse módulo está sendo utilizado para auxiliar alunos estrangeiros a terem um melhor desempenho em disciplinas dos programas de Mestrados e Doutorados da universidade, uma vez que elimina a barreira do idioma em sala de aula. A ferramenta conta ainda com um módulo de tradução, voz em inglês para texto em português, o que permite a palestrantes ou pesquisadores estrangeiros lecionarem ou apresentarem seminários, possibilitando a tradução simultânea do conteúdo falado.

Univap

Foto:Divulgação