Prefeitura inicia primeira avaliação de densidade larvária de 2020

O Centro de Controle de Zoonoses da Prefeitura de São José dos Campos iniciou nesta segunda-feira (06) a 1ª Avaliação de Densidade Larvária (ADL) do ano, para levantar o nível de infestação do mosquito Aedes aegypti, transmissor das arboviroses (dengue, chikungunya e zika).  A pesquisa será realizada em todas as regiões da cidade até o dia 24 de janeiro.

Os agentes do CCZ irão vistoriar 18.572 imóveis dentro das 42 áreas cadastradas no município. Em cada quarteirão serão visitados o número de imóveis necessários para atingir a amostragem sorteada.

Nesta atividade serão trabalhados imóveis residenciais, comerciais e pequenas obras, excluindo habitações abandonadas (desabitadas, em demolição, em construção ou à venda), terreno baldio, terreno baldio murado, praças, áreas verdes e imóveis especiais.

Avaliação de Densidade Larvária (ADL)

Segundo orientação da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), em São Francisco Xavier, a avaliação ocorrerá em toda a área do distrito (25 quadras/825 imóveis), devido à característica diferenciada das demais áreas do município.

Participarão da ação 12 equipes, com uma média de 103 imóveis a serem visitados por dia. Paralelamente à pesquisa, as equipes do CCZ continuarão realizando controle de criadouros e nebulização dos casos notificados.

Outras avaliações

Em 2019, o CCZ realizou quatro avaliações de densidade larvária, a última em outubro, que indicou IB (Índice Breteau) de 0,2. As outras três pesquisas foram realizadas em janeiro (que apontou IB de 1,0); em abril (índice de 1,1) e em julho (0,1).

Centro de Controle de Zoonoses da Prefeitura de São José dos Campos

Abaixo, as regiões que serão trabalhadas na primeira semana de 06 a 10 de janeiro.

BAIRROS
Jd. Estoril, Bq. Dos Eucaliptos, Jd. Madureira, Jd. Portugal, Jd. Del Rei, Conj. Res. Primavera, Jd. Madureira
Santa Julia, Santa Rosa, Santa Luzia, São Leopoldo, Pinheirinho dos Palmares
Santa Cecília II, Campos de São José, Jd. Americano
Recanto do Vale, Monte Rei, Santa Cecília I, Mariana, Cajuru
Freitas, Vila Laje Alpino, Chácaras Santa Luzia, Chácaras Miranda, Altos dos Caetés, Fazenda Caete I e II, Urbanova I a VII, Serimbura, Jaguari, Jaguariúna
Fazenda do Honda, Condomínio Terra Nova, Conjunto Residencial Jd. das Flores, Eugênio de Melo, Jd. Itapuã, Jd. Ipê, Residencial da Ribeira, Galo Branco, Residencial Righi
Bairrinho, Fazenda  Bom Retiro, Jd. Santa Hermínia, Chácaras Boa Esperança, Jd. Ebenezer, Chácaras Santa Rita, Chácaras Portal do Céu, Jd. Santa Lúcia, Chácaras Capão Grosso I e II, Sítio Jataí, Chácaras Magestic, Chácaras Primavera I e II, Bom Retiro
Jd. Santa Inês I e III, Jd. Castanheira, Jd. Paraíso do Sol, Jd. Nova Michigan,Chácaras Araújo, Jd. Coqueiro, Residencial Frei Galvão, Jd. São José I e II
Jd. Azaléia, Pq. Industrial, Palmeiras de São José
Jd. Veneza, Jd. Petrópolis, Jd. Vale do Sol, 31 de Março, Chácaras Reunidas,Morada do Sol, Recanto Pinheiros, Residencial Del Ville,Recantos dos Eucaliptos, Parque Independência, Rio Comprido
Conj. Elmano Ferreira Veloso, Jd. Imperial, Jd. Colonial, Jd. dos Bandeirantes,Jd. República, Jd. Nova República, Jd. Santa Edwirges
Vila São Paulo, Vila Viaduto, Vila Abel, Jd. Santa Alice, Jd. Nova Esperança,Jd. Nova América, Jd. Nova América, Jd. Nova Europa, Jd. Esplanada,Jd. Esplanada II, Jd. Santa Rita, Vale dos Pinheiros, Residencial Esplanada do Sol,Jd. Serimbura, Jd. do Golfe I e II, Cond. Chácaras dos Eucalíptos
Vila Igualdade, Jd. Nove de Julho, Vila Adyana, Vila Paulo Setúbal,Vila Higienópolis, Jd. Apolo, Jd. Apolo II, Vila Ema

As equipes do CCZ vão vistoriar 18.572 imóveis dentro das 42 áreas cadastradas no município – Foto: Charles de Moura/PMSJC