Prefeitura inicia 2ª fase da campanha de busca ativa da tuberculose

A Prefeitura realiza até o dia 19 de novembro a segunda fase da campanha de intensificação da busca ativa de casos de tuberculose em São José dos Campos.

Durante a ação, que começou nesta segunda-feira (5) em todas as unidades básicas de saúde, as equipes da Estratégia de Saúde da Família, os serviços privados e outros parceiros, como as unidades da Casa do Idoso, receberão material informativo com o objetivo de promover ações educativas em grupos e em salas de espera, com esclarecimentos sobre a doença e a possibilidade de detecção de sintomáticos respiratórios, ou seja, pessoas com tosse há três semanas ou mais.

Essas pessoas vão ser orientadas à coleta imediata do exame de escarro, pois é importante realizar o diagnóstico de forma precoce, não só pela pronta recuperação do paciente, mas para que também se interrompa a disseminação do bacilo para outras pessoas, pois a tuberculose é uma doença de transmissão respiratória.

A campanha também promove até o dia 14 de novembro a segunda fase da intensificação de busca ativa de casos de tuberculose no sistema prisional. Serão coletados exames de escarro em prisioneiros que apresentam tosse há duas semanas ou mais.

Tratamento

Atualmente, 150 pacientes estão em tratamento de tuberculose no CTP (Centro de Tratamento e Prevenção em Tisiologia, Dermatologia Sanitária e Lesões), da Secretaria de Saúde.

O tratamento é totalmente gratuito e todos os casos são acompanhados por pneumologistas. Os medicamentos também são gratuitos e oferecidos pelo Estado.

Em 2017 foram tratados 201 pacientes, com 86,57% de cura, sendo que a taxa preconizada pelo Ministério da Saúde é de 85%. O município de São José dos Campos, em razão deste resultado, recebeu, em 2018, o Prêmio de Qualidade nas Ações de Controle da Tuberculose que reconhece as cidades que tiveram destaque no controle desta doença, com taxa de cura dos pacientes superior a 85%.

Capacitação

Também está programado para o dia 21 de novembro, das 8h às 12h, na Câmara Municipal, um “Seminário de Tuberculose”, destinado aos profissionais de enfermagem da rede de saúde pública e privada do município.

Programação do Seminário de Tuberculose

8h – Recepção aos participantes

8h30 – Abertura e palestra “Quando pensar em Tuberculose?” – Dra. Kátia Bruzzi – Pneumologista do CTP e da UES

9h15 – Importância da Busca Ativa de Casos e Diagnóstico – Dr. José Eduardo de Oliveira – Pneumologista Coordenador do programa de Tuberculose do GVE XXVII

10h – Intervalo

10h15 – Tratamento Adequado e Oportuno para a Eliminação da TuberculoseA Importância do Tratamento Diretamente Observado e do Respeito aos Esquemas Adequados de Tratamento – Dr. Paulo Cesar Ribeiro Carvalho – Pneumologista do CTP e Hospital Municipal

11h – Diagnóstico Laboratorial – Técnica de Coleta de Escarro – Qualidade das Amostras – Biomédica Siomara Arantes de Paula – Laboratório Central PMSJC

11h40 – Espaço para perguntas aos profissionais

12h – Encerramento

As ações são realizadas pelas equipes da Estratégia Saúde da Família e junto aos usuários nas salas de espera das unidades básicas – Foto: Claudio Vieira/PMSJC
Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons