Prefeitura cria brigadas contra a dengue em cerca de 800 prédios

Cerca de 800 prédios públicos de São José dos Campos passarão a contar com brigadas contra a dengue, que tem o objetivo de criar um sistema de fiscalização municipal constante para o combate ao mosquito Aedes aegypti e Aedes Albopictus, transmissor das arboviroses.

Na última sexta-feira (11), foi publicado um decreto municipal criando as brigadas no âmbito da administração pública direta e indireta, com prazo de início das atividades em 30 dias.

Brigada contra a dengue

A brigada contra a dengue é um grupo organizado de pessoas capacitadas para atuar na prevenção das arboviroses. Esta equipe tem a função de minimizar os riscos de proliferação do vetor e estará inserida em setores da administração pública, como escolas, unidades de saúde, repartições, entre outras.

O principal objetivo é desenvolver ações que eliminem criadouros e que seus membros atuem como multiplicadores de informações sobre as doenças, por meio da prevenção. Cada brigada deve contar com cerca de 5 membros.

Antes mesmo da publicação do decreto, as equipes da CCZ já iniciaram os treinamentos com os futuros novos brigadistas que atuarão dentro das unidades básicas de saúde.

Caberá à Vigilância Epidemiológica e ao Centro de Controle de Zoonoses oferecer suporte técnico às equipes, bem como atuar em parceria sempre que necessário.

Plano Municipal

As brigadas estão sendo criadas no âmbito do Plano Municipal de Combate às Arboviroses, que terá a primeira ação de campo neste sábado (19), com a realização da Operação Casa Limpa.

Agentes do Centro de Controle de Zoonoses e equipes da Secretaria de Manutenção da Cidade estarão nos bairros Jardim Satélite, Bosque dos Eucaliptos, Vila São Bento, Vila Nair, Vila Letônia, Floradas de São José e adjacências, na região sul da cidade, das 8h às 14h, recolhendo materiais e objetos que servem de criadouros para o mosquito Aedes Aegypti.

A primeira etapa do plano começou no início de outubro com uma agressiva campanha de publicidade que teve como tema “Não Deixa a Dengue Interromper Vidas”.  As ações do plano estão previstas, inicialmente, até julho de 2020.

Foto: Charles de Moura/PMSJC