Polícia Civil cumpriu dez mandados de busca e apreensão na venda irregular de equipamentos e serviços da NET São José Campos

Nesta quarta-feira, dia 07 de novembro, a Polícia Civil de São José dos Campos prendeu duas pessoas acusadas de envolvimento em esquema de venda ilegal de equipamentos da empresa de telecomunicações NET na cidade.

As pessoas também são acusadas de fraudes sistêmicas que indicam que elas utilizavam um pacote elevado de dados da companhia sem pagar por isso.

Ao todo, a Polícia Civil cumpriu dez mandados de busca e apreensão, sendo 4 contra comerciantes que estavam realizando a venda irregular de equipamentos da NET e 6 contra moradores que utilizavam o serviço sem a devida contratação.

A investigação foi iniciada há um ano pelo Departamento Antifraude da NET para apurar o comércio ilegítimo de equipamentos da NET em comércios no município. Após a constatação da ilegalidade, o setor entrou em contato com a Polícia Civil de São José, que deu seguimento às investigações.

Durante a operação, foram apreendidos 24 equipamentos endereçados à venda irregular e ao consumo ilegal. Inicialmente, a NET estima um prejuízo de R$ 50 mil.

A Polícia Civil informou que dará seguimento às investigações que indicam um grande número de pessoas que utilizam do serviço ilegalmente — caso dos que recebem o sinal da operadora, sem que paguem por ele.

Foto:Divulgação/NET
Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons