PMEs e municípios paulistas investem R$ 86,6 milhões no 1º Tri de 2019

O valor representa o total de financiamentos realizados pela Desenvolve SP no período

A recuperação da economia nacional segue em compasso de espera. Mesmo assim, as pequenas e médias empresas (PMEs) e municípios paulistas investiram R$ 86,6 milhões no 1º Trimestre de 2019. Os números, divulgados pela Desenvolve SP, agência de fomento do Governo do Estado, representam os desembolsos realizados pela instituição ao longo do período. Os financiamentos para investimento fixo e infraestrutura são destaques do balanço, representando mais da metade (65%) do montante.

Setores

No setor privado, a indústria paulista foi a que mais buscou recursos nos primeiros três meses de 2019. Ao todo foram R$ 40,4 milhões em investimentos realizados. Na sequência aparecem os negócios relacionados a serviços, com R$ 17,6 milhões,  e o comércio com R$ 6,9 milhões. Juntos, os setores produtivos representaram 75% dos financiamentos concedidos pela Desenvolve SP. Já o setor público, por meio das prefeituras paulistas, foi responsável por demandar os outros 25%, totalizando R$ 21,7 dos financiamentos.

“Apesar de uma recuperação econômica nacional mais lenta, vemos que muitos empreendedores paulistas, sobretudo os de pequeno porte, ainda mostram fôlego para continuar investindo”, diz Rafael Bergamaschi, superintendente de negócios da Desenvolve SP. Ainda segundo ele, este movimento costuma ser comum. “Com estruturas mais enxutas e menos hierarquizadas do que as grandes empresas, as pequenas costumam ser mais ágeis na tomada de decisões, inclusive na hora de investir”.

Destino dos financiamentos

O destino dos recursos é o grande destaque do balanço trimestral da agência. De acordo com o levantamento, 65% dos R$ 86,6 milhões desembolsados foi aplicado em projetos de investimento de longo prazo, ou seja, colaboraram para ampliar a capacidade produtiva das PMEs e melhorar a infraestrutura de municípios. “No período, registramos boa parte dos desembolsos por meio de linhas de crédito para investimentos em ampliação e modernização de empresas, e também para obras de infraestrutura viária em cidades paulistas”, diz Bergamaschi.

 Inovação na dianteira

Sabendo que a competitividade do mercado demanda, inclusive das PMEs, uma constante busca por inovação, os investimentos em projetos do gênero também merecem destaque entre os financiamentos da agência. Somente no 1TRI de 2019, a Desenvolve SP desembolsou R$ 17,6 milhões (20% do total) para projetos inovadores, divididos entre os setores da indústria e serviços. “A inovação tem sido a grande tônica da atuação da agência e isso se reflete no volume de financiamentos que temos feito com esse propósito”, explica Bergamaschi. Entre os projetos, há inovações tanto disruptivas quanto incrementais.

A força do interior

O interior do Estado foi responsável por 79% da demanda de financiamentos do 1TRI contra os 21% da Região Metropolitana de São Paulo (RMSP).

No ranking das três Regiões Administrativas que mais investiram, a de Sorocaba ficou, pela primeira vez, em primeiro lugar (R$ 25,1 milhões) – ultrapassando a RA de Campinas (R$ 16,8 milhões)  e a RMSP (R$ 18 milhões).

Sobre a Desenvolve SP

A Desenvolve SP – Agência de Desenvolvimento Paulista é a instituição do Governo de São Paulo que financia, por meio de linhas de crédito de longo prazo, o crescimento planejado das pequenas e médias empresas e municípios. Em 10 anos de atuação, a Agência ultrapassou a marca de R$ 3,2 bilhões em financiamentos impactando diretamente na geração de emprego e renda em todo Estado. Para saber mais sobre a instituição acesse www.desenvolvesp.com.br.