Plano de vacinação contra a covid prevê 49 postos e 6 UBS’s abertas à noite

A Prefeitura de São José dos Campos elaborou o plano de imunização municipal para a campanha de vacinação contra a covid-19, que deverá ter início na quarta-feira (20) em todo o Brasil. O documento norteará a organização da vacinação no município, seguindo as diretrizes do Plano Estadual de Imunização.

A primeira fase da campanha prossegue até o dia 22 de março, tendo como público-alvo os trabalhadores de saúde e idosos acima de 60 anos. O objetivo da campanha é interromper a cadeia de transmissão pandêmica da covid-19, alcançando o maior número de vacinados no município. A meta é vacinar 90% do público-alvo. Para esta primeira fase, São José dos Campos tem uma população estimada de 130.296 pessoas aptas a receber a vacina.

Prefeitura de São José dos Campos

O plano contempla as questões de logística, planejamento das ações de imunização, treinamento das equipes de saúde, digitação dos dados, campanhas publicitárias, monitoramento da cobertura vacinal, entre outras.

Serão nove semanas de campanha, escalonada por grupo de risco e por faixa etária, divididas em duas doses com intervalo mínimo de 21 dias e máximo de 28 dias.

Etapas da vacinação

Para se vacinar os profissionais da saúde deverão apresentar comprovante de curso ou conselho de classe ou carteira de trabalho e documento de identificação oficial com foto original. Já os idosos devem apresentar identificação oficial com foto, contendo data de nascimento.

De 20 a 22 de janeiro serão vacinados exclusivamente os trabalhadores da saúde da rede pública (municipal, estadual e federal). De 25 de janeiro a 5 de fevereiro as Unidades Básicas de Saúde estarão vacinando todos os profissionais de saúde (autônomos e da iniciativa privada).

As unidades particulares cadastradas irão vacinar seus profissionais nos locais de trabalho a partir do dia 25. A Prefeitura disponibilizará as vacinas e seringas.

Para a vacinação dos profissionais de saúde vinculados a estabelecimentos de saúde, será criado um sistema de cadastro municipal para que as instituições registrem os nomes dos colaboradores.

De 21 de janeiro a 5 de fevereiro serão vacinados os moradores em situação de rua e idosos abrigados em Instituições de Longa Permanência. Também serão vacinados os profissionais de saúde destes estabelecimentos, independente da faixa etária.

Ao todo, serão 49 postos de vacinação (40 UBS’s, 5 unidades avançadas de Estratégia Saúde da Família e 4 Casas do Idoso). No dia 20 a vacinação ocorrerá das 10h às 17h, exceção da UBS Bonsucesso, que será das 10h às 16h. A partir do dia 21, o horário será das 8h às 17h (Bonsucesso das 8h às 16h).

A partir do dia 25/01, 6 unidades vão atender em horário estendido até às 22h (Jardim Satélite, Parque Industrial, Tatetuba/Vila Industrial, Novo Horizonte, Santana e Jardim Paulista).

No sábado (30 de janeiro) acontecerá o Dia D para os profissionais de saúde e estarão abertas para vacinação, das 8h às 17h, 10 UBS’s (Parque Industrial, Jardim Satélite, Novo Horizonte, Vista Verde, Tatetuba/Vila Industrial, Centro 2, Vila Maria, Jardim Paulista, Jardim das Indústrias e Santana).

Nos primeiros dias de início de cada fase da campanha (20 de janeiro, 25 de janeiro, 8 de fevereiro, 15 de fevereiro, 22 de fevereiro e 1 de março), as unidades básicas de saúde estarão abertas somente para vacinação contra a covid-19.

Logística e parcerias

O plano prevê reforço de recursos humanos, com a contratação de equipes para vacinação de acamados e pessoas idosas residentes em Instituições de Longa Permanência, população de rua e de área rural.

Para garantir a segurança e a logística da campanha, estão previstas parcerias com a Guarda Municipal, Polícia Miliar, Polícia Rodoviária, Tiro de Guerra, Defesa Civil, entre outros agentes públicos, além de universidades e escolas técnicas que possuem cursos na área de saúde, que disponibilizarão 470 alunos voluntários.

Cerca de 300 educadores físicos vinculados à Secretaria de Esportes e Qualidade de Vida se juntarão aos profissionais da Secretaria de Saúde para auxiliar na campanha.

Também está prevista a parceria com os estabelecimentos de saúde privado e convênios de saúde da cidade, que receberão da Prefeitura as doses necessárias para vacinar seus conveniados, mediante cadastro prévio.

O plano prevê ainda uma grande campanha publicitária sobre a importância e segurança da vacina e da prioridade para o público-alvo.


Abaixo, a população estimada do município e datas de aplicação da vacina

Público AlvoPopulação estimada no município1ª DOSE2ª DOSE
Trabalhadores
de Saúde
26.456*20 de janeiro10 de fevereiro
Moradores de rua e abrigados 21 de janeiro11 de fevereiro
Residentes em Instituições de Longa Permanência 21 de janeiro11 de fevereiro
Indígenas e quilombolasNão se aplica em SJC25 de janeiro15 de fevereiro
75 anos ou mais21.034**08 de fevereiro01 de março
70 a 74 anos ou mais19.172**15 de fevereiro08 de março
65 a 69 anos ou mais27.964**22 de fevereiro15 de março
60 a 64 anos ou mais35.670**01 de março22 de março

Fontes: *SIPNI população vacinada em São José dos Campos por Influenza em 2020
** projeção do SEADE 2020


Locais de vacinação

  • 40 UBS’s e 5 unidades avançadas da ESF (a partir de 20/01)
  • Estabelecimentos de Saúde privados, cadastrados na Prefeitura (a partir do dia 25/01)
  • 4 Casas de Idosos (a partir de 08/02)
  • Convênios médicos cadastrados na Prefeitura (a partir de 08/02)

Horário de atendimento

  • 20/01 (quarta-feira) – UBS’s das 10h às 17h (exceto UBS Bonsucesso das 10h às 16h)
  • A partir do dia 21/01 – UBS’s – segunda a sexta das 8h às 17h (exceto UBS Bonsucesso das 8h às 16h)
  • A partir do dia 25/01 – 6 UBS’s das 8h às 22h – Jardim Satélite, Parque Industrial, Tatetuba, Novo Horizonte, Santana e Jardim Paulista
  • A partir do dia 08/02 – Casas de Idosos – 8h às 17h
Instagram