Parque Tecnológico, maior complexo de inovação do país, passa a sediar o Espaço Avibras

O Parque Tecnológico de São José dos Campos ganhou, nesta terça-feira (19), mais uma empresa. A Avibras Indústria Aeroespacial inaugurou o Espaço Avibras de Tecnologia e Inovação (EATI), no Centro Empresarial 4. O evento contou com a participação de diretores e gestores do Parque, autoridades municipais, representantes de universidades e institutos de pesquisa e empresários. O Parque Tecnológico é vinculado à Prefeitura de São José dos Campos.

Segundo a empresa, o EATI foi concebido para atuar como a “embaixada” da Avibras para pesquisa, desenvolvimento e inovação de produtos e soluções nos polos Defesa, Espaço e Segurança Pública, em ambiente de parceria e de colaboração com universidades, centros de pesquisa e empresas de bases tecnológicas similares.

“Acreditamos que, em um ecossistema de inovação como o que temos no Parque Tecnológico São José dos Campos, a Avibras pode ter o papel de empresa âncora, levando as inovações criadas com as instituições de ciência e tecnologia e empresas parceiras a novos produtos, com escala industrial e presença global, proporcionando um ciclo virtuoso de inovação não só na região como também em todo o país”, destacou o diretor de engenharia da empresa, Fernando Ranieri.

Para Marco Antonio Raupp, diretor geral do Parque, o encontro entre as duas instituições era muito esperado e deverá render muitos projetos. “Significa o encontro do pioneirismo de tecnologia na região de São José dos Campos, já que a Avibras tem um papel histórico fundamental por aqui, com o futuro da tecnologia representado pelo Parque Tecnológico. Estamos abertos para desenvolver projetos de pesquisa e desenvolvimento em parceria”, afirmou.

Maior complexo de inovação do país

Atualmente, integram o Parque Tecnológico cerca de 300 empresas e instituições de segmentos como startups, pequenas e médias e grandes empresas, representações dos setores aeroespacial e de defesa, instituições de ensino e pesquisa, além de entidades da sociedade civil. O Parque Tecnológico São José dos Campos foi instituído pelo Decreto Municipal nº 12.367/2006.

Para abrigar o Parque Tecnológico, a Prefeitura adquiriu as instalações de uma fábrica de componentes eletrônicos recém-desativada, com cerca de 33 mil m2 de área construída.

Entre 2006 e 2009 o Parque Tecnológico contou com uma estrutura provisória de gestão, sob responsabilidade conjugada da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Prefeitura de São José dos Campos.

Em 2009, passou a ser gerido pela Associação Parque Tecnológico de São José dos Campos (APTSJC), qualificada como Organização Social pela Prefeitura Municipal.

O planejamento macro para o Parque Tecnológico foi organizado em três etapas: estruturação, consolidação e expansão.

Em 2010, se tornou o primeiro parque credenciado pelo Sistema Paulista de Parques Tecnológicos.

Em abril de 2016 o Parque Tecnológico incorporou o Centro para Inovação e Competitividade do Cone Leste Paulista, que já funcionava em suas dependências. O Cecompi contava com uma incubadora de empresas e administrava dois Arranjos Produtivos Locais: o Cluster Aeroespacial e Defesa e o APL TIC Vale.

Ao incorporar o Cecompi, o Parque Tecnológico se tornou o maior complexo de inovação e empreendedorismo do país.

Inauguração do Espaço Avibras EATI – Tecnologia e Inovação, Parque Tecnológico. Foto: Claudio Vieira/PMSJC.