Novas moradias são entregues no Jaraguá

Famílias sebastianenses receberam novas moradias entregues pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) do Estado de São Paulo em parceria com a Prefeitura de São Sebastião. Foram entregues 84 unidades habitacionais, que fazem parte da 1ª etapa do empreendimento Conjunto Habitacional São Sebastião F. Ao todo serão entregues 166 casas.

Nessa 1ª etapa foram contempladas famílias que residem na área do Parque Estadual da Serra do Mar (PESM) e famílias que foram atingidas pelas fortes chuvas em fevereiro de 2018. Segundo a Secretaria de Habitação Regularização Fundiária (SEHAB), há uma programação para ações de remoção das famílias e de recuperação socioambiental da área do PESM. Ainda de acordo com a pasta foram fornecidos kit’s de mudança e serão oferecidos caminhões e apoio social pós-ocupação.

Aneci Brito dos Santos e o marido José Vieira dos Santos, que moravam em cima de um morro no sertão de Maresias, que faz divisa com a mata, disseram que essa é uma nova oportunidade. “O lugar ficou muito bonito e é ótimo para morar. Estou aberta para coisas novas e essa casa é uma nova chance”, contou.

A aposentada Maria Nilza dos Santos, que morava em Paúba, está feliz com a nova casa. “Tenho um novo lar e tenho esperança de que aqui eu e minha família seremos felizes”, disse.

Para o prefeito Felipe Augusto esse é um momento de alegria. “Esse é um momento feliz. Sei exatamente o sentimento de alguns por estarem mudando de outros bairros para cá, mas temos que encarar que a nossa cidade tem mais de 100 km de extensão e diversos problemas habitacionais por não ter recebido ordenamento urbano ao longo dos anos. Existe dificuldades enormes em função da regularização fundiária que estão sendo corrigidos agora. Mas nesse momento em que cada um recebe uma casa organizada, que tem documento, é uma alegria”, ressaltou.

O chefe do Executivo também destacou que o bairro do Jaraguá está recebendo investimentos na educação, esporte, saúde e segurança. “O Jaraguá terá a maior creche do município, que já está sendo construída e atenderá 180 crianças. Também terá um Ginásio Poliesportivo, reivindicação dos moradores. Já estamos discutindo com a Sabesp o cronograma de água tratada, coleta e tratamento do esgoto. O Posto de Saúde da Família terá ações de recuperação que será o posto de saúde mais moderno, organizado e preparado da cidade. Com a chegada do conjunto habitacional, o Jaraguá terá ainda mais segurança, com mais Policiais Militares por meio da atividade delegada que darão todo apoio aos moradores nessa fase de mudança, assim como a Guarda Civil Municipal. O bairro também terá investimentos em um novo polo para geração de empregos. Tudo isso trará a expectativa de uma vida melhor”.

De acordo com a diretora de Habitação e Regularização Fundiária, Sandra Regina Mori, das 166 unidades habitacionais que serão entregues, 93 serão cedidos à Prefeitura. “A CDHU disponibilizará 93 unidades para abrigar as famílias de áreas de risco e de áreas ambientalmente protegidas, por intermédio do prefeito Felipe Augusto. Algumas casas já foram entregues hoje”, finalizou.

Regularização Fundiária

A ordem de serviço para o cadastramento socioeconômico e topográfico em núcleos urbanos do município já foi assinada para dar continuidade ao programa de regularização fundiária.

O projeto é fruto de uma parceria com o Governo do Estado de São Paulo por meio do programa Cidade Legal e estima-se um investimento total de R$ 800 mil nesta fase.

Crédito: Celso Moraes/PMSS

Fonte: Millena Hermes/PMSS