Nota da ACI de São José dos Campos frente a regressão da Região Metropolitana do Vale do Paraíba à fase vermelha do Plano São Paulo

NOTA OFICIAL ACISJC

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos vê com extrema preocupação a regressão da Região Metropolitana do Vale do Paraíba à fase vermelha do Plano São Paulo, frente a indicadores cada vez mais preocupantes de ocupação de leitos de UTI, de contaminação causada pelo novo coronavírus e de mortes provocadas pela covid-19.

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos considera vital, nesse momento, que União, Estado e Município ofereçam contrapartidas reais e práticas aos setores da economia mais fortemente atingidos pela crise gerada pela pandemia do novo coronavírus.

Comércio, indústria e setor de serviços estão fortemente engajados no combate à pandemia, estão cumprindo à risca os protocolos sanitários exigidos e necessitam de apoio efetivo do poder público para resistir à crise e continuar mantendo empregos, honrando seus compromissos financeiros, contribuindo com a economia  e pagando seus impostos, encargos e tributos para a União,  Estado e Município, pois com as empresas fechadas a situação se agrava a cada dia mais.

Tal decisão anunciada hoje requer ações mais efetivas do poder público em defesa de nossas empresas e da nossa economia. Algumas medidas já foram tomadas, mas é necessário ir além, frente a esse novo quadro.

A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos defende:

  • A continuidade do Programa Emergencial de Manutenção de Emprego e Renda;
  • Linhas de crédito com juros baixos e condições especiais de pagamento à todas empresas que necessitarem;
  • Prorrogação no prazo para pagamento dos encargos sociais, impostos e tributos; municipal, estadual e federal;
  • Suspensão imediata dos efeitos do Pacote de Ajuste Fiscal do Estado de São Paulo em especial dos decretos 65.252/20, 65.253, 65.254/20 e 65.255/20 oriundos da Lei 17.293/20;

Sem medidas efetivas por parte da União, do Estado e do Município, um número ainda maior de empresas irá fechar, o desemprego vai crescer, os preços tendem a aumentar, a inflação poderá voltar aceleradamente, e o nosso sistema econômico corre o risco de entrar em colapso.

Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos


A Associação Comercial e Industrial de São José dos Campos continua firme na defesa de vidas, empregos e empresas.

São José dos Campos, 22 de janeiro de 2021

Eliane Maia

Presidente

Associação Comercial e industrial de São José dos Campos

Foto:Charles de Moura/PMSJC
Instagram