MERCOSUL aposta na promoção do turismo multidestino

 Montevidéu recebeu na última semana autoridades do setor de turismo dos países do MERCOSUL. Durante os dias de reunião, organizados pelo Ministério de Turismo do Uruguai, debateu-se sobre a promoção conjunta do turismo multidestino, como por exemplo o Caminho dos Jesuítas, pesca, prevenção da exploração sexual, Mundial 2030, entre outros assuntos.

“Conseguimos um conjunto de resoluções que têm a ver com a promoção do turismo regional em mercados distantes, com o trânsito fronteiriço, a apresentação e implementação de uma ação conjunta do Mercosul com a Aliança do Pacífico, os esforços acrescentados pela Prevenção da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, a candidatura conjunta para a Copa do mundo de 2030, o desenvolvimento da rota jesuíta e a definição de um roteiro com a Argentina ligados às atividades de pesca Litoral”, disse a Ministra de Turismo, Liliam kechichián durante a coletiva de imprensa realizada no encerramento da reunião, na quinta-feira, 6 de dezembro, na sede do Mercosul, no Uruguai.

No exercício da Presidência Pro Tempore do MERCOSUL, a Ministra de Turismo do Uruguai referiu-se à importância da conectividade com a China,“objetivando assegurar que o turismo em mercados distantes tenha acesso mais fácil “. Por sua vez, solicitou que os Estados Partes do MERCOSUL, coordenem sua presença em feiras internacionais para atrair e aumentar o número de turistas de mercados distantes, como a China, Japão, Índia, entre outros.

Ao mesmo tempo, os ministros declararam que compartilham as diretrizes e objetivos de trabalho estabelecidos pelas autoridades da Organização Mundial do Turismo no 108º Reunião do Conselho Executivo, buscando dar uma olhada para 2030, alinhada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas (ODS).

CAMINHO DOS JESUÍTAS

Nos dias anteriores, os participantes fizeram parte de um seminário temático sobre a Rota ou o Caminho dos Jesuítas, uma oferta turística que está sendo desenvolvida em conjunto regionalmente. “Esta é a primeira rota integrada ao circuito do Mercosul”, disse Kechichian e agora se aposta construção da marca internacional, conforme deliberado na Reunião de Ministros.

Por sua parte, o Secretário Geral de Turismo da Nação Argentina, Gustavo Santos, disse que é uma proposta única que pode fornecer o posicionamento necessário para que a região seja vista e visitada como tal. Para isso, ele enfatizou a importância de continuar gerenciando boas conexões aéreas, que permitem recorrer grandes partes dos destinos num curto espaço de tempo. Nesse sentido, o impacto dos voos de baixo custo no transporte aéreo comercial na região também foi avaliado.

Dentro das questões trabalhistas, destaca a candidatura conjunta para o Mundial de 2030, os países envolvidos assegurarão esforços contínuos para chegar à meta “sonhamos e projetamos esta Copa do Mundo que tanto desejamos. A Delegação do Paraguai apresentou um relatório sobre as vantagens de se ter uma posição comum sobre o turismo fluvial na região, a fim de especificar o investimento necessário para o aumento da atividade turística na Hidrovia Paraná-Paraguai e rios afins.

Enquanto isso, o secretário executivo do Ministério do Turismo do Brasil, Alberto Alves, solicitou o tratamento do tema “eliminação das tarifas de importação de bens de capital relacionados aos Parques Temáticos”, que beneficiará todos os países.

Por sua parte, a Ministra do Paraguai, Sofia Montiel, disse que o futuro está no desenvolvimento deste tipo de eventos mundial, de forma integrada. “Estas reuniões permitem materializar o que foi planejado.”

SETOR PRIVADO

Durante o encontro houve também uma apresentação de operadores privados, membros da Federação das Câmaras de Turismo da América do Sul (FEDESUR). “É a primeira vez que participamos junto a operadores privados de um encontro com essas características, agradecemos e compartilhamos o esforço conjunto do setor de turismo”, afirmou o secretário executivo de Turismo do Brasil, Alberto Alves.

A Assessora de Relações Internacionais do Chile, Sofía Valenzuela, comentou sobre a experiência do país com a Aliança do Pacífico e a importância que isso significa para o Mercosul, “aguardamos por uma proposta do Mercosul para continuar somando forças”, acrescentou.

Durante o encontro estiveram presentes a responsável de Negócios do Ministério de Turismo da Bolívia, Jenny Encinas, o Vice Ministro de Turismo do Uruguai, Benjamin Liberoff, o Diretor Nacional de Turismo do Uruguay, Carlos Fagetti, o Coordenador Geral do Programa Mintur-BID do Uruguai, Cristian Pos, e o Assessor Ministerial do Uruguai, Jorge Morandeira.

Mais Uruguai:

http://www.turismo.gub.uy

www.uruguaynatural.tv

@uruguainatural

Facebook: https://www.facebook.com/uruguaynatural.fb/

Crédito das imagens: Uruguay Natural – Ministério de Turismo

w
w
w