MERCADO FINANCEIRO IGNORA BRIGA EUA E CHINA

“A China não se manifestou quanto a essa fala do Navarro e muito menos quanto a fala do Trump”

Na noite desta segunda-feira, 22, o conselheiro da Casa Branca, Peter Navarro, fez uma declaração à Fox News que o acordo comercial entre a China e os Estados Unidos havia acabado. No entanto, após o mercado ser pego de surpresa e passar por uma noite de turbulência, o presidente Donald Trump, veio reafirmar em sua conta do Twitter que o acordo comercial permanece integralmente intacto. Desmentindo assim, Navarro, que posteriormente alegou que foram totalmente retirados de contexto. Após a primeira fala do conselheiro os futuros de Nova York com o Dow Jones caíram cerca de 400 pontos, mas diminuíram as perdas após esclarecimento e registram ganhos essa manhã. O que também ajudou o mercado asiático a operar em terreno positivo.

Presidente Donald Trump

As declarações de Trump sobre o acordo com a China foram bem recebidas pelo mercado. Dessa forma, as bolsas europeias e asiáticas estão em alta e positivas.  Jefferson Laatus, Estrategista-Chefe do Grupo Laatus, explica que isso pegou o mercado de surpresa, “Depois da fala do Trump os mercados voltaram ao normal. Os índices asiáticos fecharam positivos. Um pouco também pelo tweet do Trump que acabou tranquilizando o mercado como um todo, mas também pelos dados do PMI do Japão que veio melhor do que o esperado. A expectativa era de 27.8 e veio 37.9, e isso mostra que aos poucos aquela região da Ásia não deixa de ser uma economia importante e que está reagindo a essa questão do coronavírus e isso é positivo. A China não se manifestou quanto a essa fala do Navarro e muito menos quanto a fala do Trump”. Laatus enfatiza que o otimismo teve repercussão. “Isso depois acabou embalando a Europa que também está positiva neste momento pois saíram dados do PMI da zona do euro que também foram bem positivos”.

PMI

Laatus informa que os índices de gerentes de compras (PMI) ajuda na prévia do PIB e que ele está melhor do que quando a economia estava normal, o que anima os investidores. “O PMI acaba servindo como um termômetro de como está a economia, se está se estabelecendo, crescendo, e isso ajuda na prévia do PIB e é bem positivo. Tanto é que os PMI’s são soltos pelos países em uma rodada uma vez por mês e quase no mesmo dia. Então, é sempre importante acompanhar esses dados para se ter uma noção de como está a evolução da economia e qual seu termômetro, e no momento está positivo. Tanto é que esses dados do PMI estão até um pouco melhor do que quando a economia estava em seu processo normal, sem pandemia e principalmente ali na Europa. E isso deu uma animada boa nos índices Europeus”.

Grupo Laatus

Fundado em 2014, o Grupo Laatus conta com uma mesa de operações independente, com 60 traders, que negociam diariamente no Brasil e Estados Unidos. O Grupo também é um dos principais agentes de educação profissional para traders, contando com mais de 4,5 mil alunos formados em seus cursos de especialização em dólar e de mercados americanos, voltados para índices como S&P e petróleo. Atualmente suas turmas contém entre 500 e 800 alunos. Com tamanha expertise e seriedade no trabalho, a Laatus também coordena um dos maiores eventos voltados para o mercado financeiro, o Laatus Summit, que em sua última edição contou com mais de 1000 participantes, e contou com grandes nomes, como por exemplo: Oscar Schmidt, André Perfeito, Henrique Bredda e Guto Ferreira.

Instagram