Mercado de Consórcios de Imóveis segue aquecido no Vale do Paraíba

A Porto Vale Consórcios fechou o mês de outubro com recorde de vendas, atingindo R$30 milhões em carta de crédito em apenas um mês.Um crescimento de 100% em comparação à média mensal.

Para a empresa, a estratégia de montar a sede da empresa no bairro Jardim Esplanada, há exatamente um ano, deixando de se abrigar dentro do prédio da Regional da Porto Seguro, contribuiu para estreitar relacionamentos e negócios, além de difundir ainda mais o sistema do Consórcio para um público que não conhecia.

“ A estratégia de mudança para uma sede própria, nos aproximou do cliente atual, que deseja um atendimento mais personalizado e intimista, se sentido mais à vontade para tirar dúvidas e entrar em contato”, 
comentou o gerente comercial, Fernando Gianjiope.

Com a mudança houve a geração de mais empregos, foi necessário ampliar o quadro de funcionários para um melhor atendimento. O crescimento foi de 80%, a equipe passou de 30 para 55 funcionários atualmente, incluindo a equipe de 5 funcionários que foi montada no escritório em São Paulo.

Outro fator que contribui para o recorde do mês de outubro, foi que neste mês, a equipe de vendas da Porto Vale participou da Campanha Nacional Porto Seguro – Mega Day, onde a taxa de adesão para o consórcio de imóveis foi reduzida em 50%, passando a ser 1%.

Para os empresários da Porto Vale a expectativa é de que as vendas se mantenham em alta em toda a RMVALE e Litoral Norte. Um dos fatores para a continuação do aquecimento do mercado é o aumento do teto do valor do imóvel a ser financiado com recursos do FGTS, que foi antecipado recentemente pelo governo federal, o teto para a compra de imóveis passou de R$900 mil parar R$ 1,5 milhão.

“Nossa região possui muitas empresas e isso movimenta muito o uso do Fundo de Garantia, o aumento do teto vem de encontro com o cliente que desejava comprar um imóvel de um valor maior, mas que anteriormente não podia”, acrescentou Fernando Gianjiope.

A Porto Vale teve um crescimento nas vendas em 2018, na ordem de 40% com relação a 2017.

Para 2019, o desafio é de manter um patamar de crescimento sustentável, devido  à expectativa do reaquecimento do mercado como um todo.

“Estamos percebendo uma retomada positiva no mercado financeiro, o que reflete um crescimento em toda a cadeia, o qual naturalmente deverá impactar positivamente o mercado imobiliário. Por isso, acreditamos num crescimento contínuo já para o começo do ano”, comentou o diretor financeiro, Renato Souza.

Comemoração

Para comemorar o recorde de vendas e um ano de nova sede (06/11) no Jardim Esplanada, em São José dos Campos, os empresários Renato Souza e Fernando Gianjiope realizaram um café de manhã especial para toda a equipe.

 

Dados Nacionais

De acordo com a Assessoria Econômica da ABAC –  Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios, nos oitos primeiros meses do ano, os negócios somaram R$66,19 bilhões com aumento de 4,3%, resultado do avanço das adesões, que acumularam 1,64 milhão, com alta de quase 8%. Em agosto, foi observado um recorde setorial: imóveis, com 25 mil unidades. O acumulado de contemplações nesse período atingiu 792,6 mil, 2% menor que as 808,6 mil dos mesmos meses de 2017. Os correspondentes créditos concedidos avançaram 2,9 superando R$26 bilhões.

Em outubro, a aquisição de imóveis por meio de consórcios voltou a crescer, hoje, são 850 mil participantes em todo país.

 

Porto Vale – Av. São João, 1985. Jardim Esplanada. São José dos Campos. (12)3027-6600.

Foto: Pixabay
Gostou, Compartilhe!
Show Buttons
Hide Buttons